Desemprego Sénior: Promover boas práticas de recrutamento “neutral” à idade, uma proposta para um “Código de Conduta” corporativo

Promover boas práticas de recrutamento “neutral” à idade

Porque a discriminação por idade é no mercado laboral um fenómeno cada vez mais gritante e porque está a criar condições de emergência social os empregadores devem elaborar um “código de conduta” conducente à supressão de todas as formas de discriminação por idade.

Eis a nossa proposta:

1. Reconhecer que a discriminação existe. E que tem custos para todos, empresas e cidadãos. Não o reconhecer, é aceitar a existência de discriminação.

2. Conhecer o quadro legal relevante por forma a minimizar riscos de litigação.

3. Criar um clima de trabalho adequado à existência de colaboradores de vários escalões etários.

4. Remover linguagem e termos que discriminam em função da idade como “jovem”, “dinâmico” dos recrutamentos internos e externos.

5. Remover todas as referência explícitas ou implícitas de seleção de primeiro nível de recrutados que aludam a idade.

6. Passar a recrutar mais na base de respostas específicas e “application forms” e menos a partir de currículos.

7. Na entrevista de seleção usar sempre a mesma bateria de questões, independentemente da idade do entrevistado.

8. Publicitar interna e externamente a política de não-discriminação

9. Verificar todos os procedimentos e normas internas procurando identificar e eliminar todos os obstáculos à paridade de tratamento em função da idade.

10. Aumentar as competências técnicas dos colaboradores de todas as idades, mas dando uma especial atenção aqueles que têm mais de quarenta anos.

11. Criar mecanismos que permitam lidar de forma efetiva com todas as queixas de discriminação interna com base na idade.

12. Rever e monitorizar continuamente todas as políticas anti-discriminação que estejam ativas no seio da organização. Definir objetivos quantificaveis e prazos muito concretos e aferir o seu alcancamento. Ter especial atenção à monitorização estatística dos processos de recrutamento e assegurar que todos os recrutados o foram porque esses colaboradores se adequavam melhor à descrição de funções e os excluídos não o foram devido à sua idade.

Anúncios
Categories: Política Nacional, Portugal, Sociedade, Sociedade Civil, Sociedade Portuguesa | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: