Daily Archives: 2012/08/14

Os AC/DC atacam as centrais nucleares iranianas. Mais ou menos.

Há dois anos atrás, em 2010, as instalacoes nucleares iranianas foram atacadas pela botnet Stuxnet, composta de vírus especialmente desenhados em Israel e nos EUA para atacarem os sistemas operativos Siemens que corriam nas centrifugadoras de enriquecimento de urânio iranianas. Este primeiro capítulo (conhecido…) da atual guerra cibernetica entre EUA/Israel e Irão conhece atualmente um segundo capítulo… mas muito mais estranho!

Subitamente, várias workstations em funcionamento em duas instalacoes nucleares iranianas começaram a tocar o tema “Thunderstruck” da banda de Heavy Metal AC/DC… no volume máximo! A informação foi recebida pelo fabricante de antivirus finlandês F-Secure que recebeu dos seus utilizadores no Irão essa informação.

O novo vírus parece ter sido criado com a hacking tool metasploit e além deste tema dos AC/DC tambem toca outros temas musicais, por vezes a meio da noite, sempre no volume máximo e de uma forma que parece completamente aleatória. Se se trata de mais uma batalha da Guerra surda que começou com o Stuxnet é algo que ainda se está para ver já que pode ser um fenómeno isolado, promovido por algum hacker, mas que é uma história bizarra… isso não há como negar!

Fonte:
http://www.newscientist.com/blogs/onepercent/2012/07/iranian-nuclear-facilities-thu.html?DCMP=OTC-rss&nsref=online-news

Anúncios
Categories: DefenseNewsPt, Informática, Política Internacional | Deixe um comentário

BioQuids S1: Quem é este homem?

1. Todos os quids valem um ponto e todos serão sobre personalidades conhecidas, com fotografias obtidas na Internet.

2. Os Quids são lançados a qualquer hora.

3. As pistas só serão dadas à hora de almoço (12:30-14:30) ou mais cedo, se possível. Contudo, nesse período do dia seguinte podem ser dadas várias pistas, desde que pedidas por um (qualquer) dos participantes.

4. Só há quids entre 2ª e 6ª (incluindo feriados). Salvo imprevisto…

5. Os Quids terminam quando um concorrente chegar aos 20 pontos.

6. É vivamente desencorajado o uso de vários nicknames para o mesmo concorrente, já que desvirtua o espírito do jogo. Lembrem-se que o IP tudo revela…

 

Pontos:

Otus: 1 (Harry Turtledove)

Categories: BioQuids S1 | 15 comentários

“Em setembro, quando entrar em funcionamento o fundo de resgate permanente – o mecanismo de estabilidade europeu (MEE) – Portugal será obrigado a contribuir financeiramente”

Rajoy (http://n.i.uol.com.br)

Olé! Rajoy (http://n.i.uol.com.br)

“Em setembro, quando entrar em funcionamento o fundo de resgate permanente – o mecanismo de estabilidade europeu (MEE) – Portugal será obrigado a contribuir financeiramente para os futuros resgates na Zona Euro, a que Espanha é o primeiro candidato. A matemática é fácil de fazer: se o MEE emprestar 500 mil milhões de euros a Madrid, Portugal terá de entregar 12.5 mil milhões de euros.”
SOL de 27 de julho de 2012

Curiosamente, a quota lusa é maior que a finlandesa (12.5 mil milhões e que a Irlandesa (11.1 mil milhões)… e isto apesar de o PIB per capita da Finlândia ser de 34769 euros e o de Portugal ser de apenas pouco mais de 21 mil euros. Mais um tratado bem negociado, portanto… por outro lado, como é? Estamos em regime de protetorado europeu, suando a estopinhas para suportar as doses e camadas sucessivas que lá de Berlim nos mandam cumprir (e a malta cumpre, obediente) e agora também temos que pedir emprestado (a juros especulativos, sempre) para emprestar a quem ainda há uns meses atrás andava a dizer que “não somos Portugal!”?… e a alguém que (ainda por cima) nos ocupa território nacional (os concelhos de Olivença) e nos rouba a água dos rios internacionais?!…

Categories: Economia, Política Internacional, Política Nacional, Portugal, união europeia | Etiquetas: | 7 comentários

“Portugal, incluído no planeta, poderá ser melhor daqui a cem anos se…”

“Consideramos assim que Portugal, incluído no planeta,  poderá ser melhor daqui a cem anos,  se a humanidade abominar, desde já, tudo o que impede os homens de uma convivência pacífica e unificadora. Referimo-nos aqui, essencialmente, a três aspetos a repelir: o racismo,  que hierarquiza etnias, quando é reconhecida – desde os descobrimentos portugueses – a variedade de raças na uniformidade do género humano; os nacionalismos totalitaristas, que descura,  o primado do individual e submete,  o homem à massa coletiva; os fanatismos ideológicos (positivos e/ou religiosos) que impedem a tolerância, ao exigir, ao outro o seu modelo de “verdade”.”

Nos Cem Anos da Renascença Portuguesa
Maria Luísa de Castro Soares
Revista Nova Águia, 8

A grande força moral da forma portuguesa de estar no mundo sempre foi aquilo a que Agostinho da Silva designava como “vida conversável” e que servia a que os portugueses pelo mundo fora para estabelecerem pontes e feitorias preferindo sempre usar o comércio em vez do canhão (ainda que não o recusando). Portugal foi assim um país de pontes, que no Oriente só conseguiu manter a sua presença devido a uma cumplicidade participativa com as populações locais e recorrendo ao catolicismo como um apoio decisivo para opor a inimigos muito mais fortes e bem equipados uma presença que se prolongou bem dentro do século XX.

Categories: Nova Águia, Portugal | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade