Viriato Soromenho Marques: “Os mesmos políticos que criaram a UEM, cujo centro nevrálgico é Banco Central mutilado, que deixa as economias nacionais mais isoladas, totalmente dependentes do crédito, são os mesmos que vociferam contra as agências de rating, e contra a insubmissão do capital”

Viriato Soromenho Marques (http://www.viriatosoromenho-marques.com)

Viriato Soromenho Marques (http://www.viriatosoromenho-marques.com)

“Os mesmos políticos que criaram a UEM, cujo centro nevrálgico é Banco Central mutilado, que deixa as economias nacionais mais isoladas, totalmente dependentes do crédito, são os mesmos que vociferam contra as agências de rating, e contra a insubmissão do capital. A Fitch e a Morgan Stanley concluíram que só o renascimento do projeto europeu, numa clara viragem em direção aos “Estados Unidos da Europa” poderia garantir o regresso a uma prosperidade sustentável. A mensagem é clara: no ponto de corrosiva desconfiança a que chegamos só haverá investimento para projetos europeus se os políticos forem capazes de pensar a uma escala europeia. O problema da Europa não é falta de crédito, que abunda nos mercados, mas sim a absoluta e incorrigível incompetência de uma classe política.”

Viriato Soromenho Marques
Diário de Notícias, 10 de maio de 2012

Há duas hipóteses: ou os políticos europeus são sumamente imbecis e incompetentes e ainda não perceberam que ter uma Moeda Única e não ter um quadro fiscal e orçamental únicos é incompatível ou então não o são e estar intencionalmente que esta crise se agrave sucessivamente, cada vez mais, até que os povos estejam moralmente desmoralizados e acabem por aceitarem a imposição de um federalismo dominado pelos germânicos e onde a democracia será pouco mais que um formalismo esvaziado de prática.

Esta é a “escala europeia” que as agências de rating defendem como a única saída para a crise europeia: a transformação da União Europeia, com todos os seus mecanismos de consenso e enquadramento das soberanias nacionais numa gigantesca federação continental dominada imperialmente pelos países do norte.

Categories: Economia, Política Nacional, Portugal, união europeia | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: