Contra o Proibicionismo

Cannabis (http://www.dn.pt)

Cannabis (http://www.dn.pt)

“O Bloco de Esquerda quer ver aprovado o consumo de cannabis para uso pessoal e a criação de “clubes sociais” para o consumo da substância” (…) “o proibicionismo falhou e fracassou, não reduziu o número de consumidores de drogas ilícitas, não protegeu a saúde desses consumidores, atirou para a marginalidade e para o sistema prisioonal milhares e milhares de jovens e, sobretudo, alimentou um mercado clandestino.”

Diário de Notícias, 19 de julho de 2012

É difícil concordar com tudo o sai com a chancela parlamentar do Bloco de Esquerda, mas nesta questão do fim do Proibicionismo é impossível nao estar de acordo. Sabe-se que mais de sessenta por cento de todos os detidos em prisões portuguesas o são por casos relacionados com a Droga. Os custos sociais e financeiros da continuacao de uma “guerra global” contra a Droga são tremendos e diretamente proporcionais aos lucros dos Baroes da Droga e dos grandes bancos que com eles estão em longo e sólido conluio…

Não interessa nem aos grandes baroes, nem aos grandes banqueiros, nem sequer aos políticos dos “partidos do poder” (financiados pela alta finança) acabar com o proibicionismo por causa dos interesses que assim seriam desafiados… defendo o fim do probicionismo não somente para com a cannabis, mas para com todas as drogas – leves ou “pesadas” -, desde logo porque apos mais de meio seculo de “guerra” já deveria ser evidente que não se irá obter aqui nenhuma vitória. E sempre haverá Droga e o seu consumo e produção. Como aquando da Lei Seca, da década de vinte nos EUA, os Estados serão – cedo ou tarde – forçados a reconhecer que esta via proibicionista não tem futuro. Importa assim começar a refletir em formas de liberalizar a produção e distribuição (o consumo, em Portugal, já está liberalizado, com efeitos muito positivos) e coordenar esse trabalho com outros países, por forma a globalizar um esforço de um problema que é, para todos os efeitos, efetivamente global.

Anúncios
Categories: Ciência e Tecnologia, Justiça, Política Internacional, Política Nacional, Portugal, Saúde | 2 comentários

Navegação de artigos

2 thoughts on “Contra o Proibicionismo

  1. Hey there just wanted to give you a quick heads up and let you know a few of the images aren’t loading properly.

    I’m not sure why but I think its a linking issue.
    I’ve tried it in two different web browsers and both show the same outcome.

  2. Hi there, just became alert to your blog through Google, and found that
    it’s really informative. I am going to watch out for brussels.
    I will appreciate if you continue this in future. Numerous people
    will be benefited from your writing. Cheers!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: