“O sistema de algoritmos de alta frequência controlava menos de 25% das transações dos EUA em 2008; em 2012, já controla 70% das americanas e 40% das europeias”

“Os magos matemáticos do mundo financeiro não são os únicos culpados pela crise de 2008, mas estão, sem dúvida no pódio da culpa. (…) o mundo da abstração financeira chegou a ser 40% mais rico que o PIB real do mundo inteiro. Em 2006, o PIB de todos os países do mundo era de 48.6 triliões de dólares, mas o valor das ações e derivados estava nos 67.9 triliões. Os famosos ativos tóxicos escondiam-se – e escondem-se – nestes 40% de malabarismo financeiro.”
(…)
“O sistema de algoritmos de alta frequência controlava menos de 25% das transações dos EUA em 2008; em 2012, já controla 70% das americanas e 40% das europeias. Até parece piada. O fator que nos conduziu ao abismo de 2008 (modelos matemáticos) aumentou a sua dimensão e complexidade.”
(…)
“Como é que se fiscaliza um algoritmo que é incompreensível para 99.9999% dos seres humanos?”

Henrique Raposo
Expresso, 28 de abril de 2012

Proibição, a única saída desta situação insustentável passa pela pura e simples proibição total e global destes mecanismos artificiais e automáticos. Regular nesta área é relativamente fácil, bastando definir tempos mínimos em que os detentores de um dado título o terá que manter nas mãos, limitar o número de vezes em que um dado titulo pode circular de mãos durante um dia e, sobretudo, aplicar de forma global e sistemática uma taxa sobre todas as transações financeiras, a famosa “Taxa Tobim” enquanto, simultaneamente, se encerram todos os Off-Shores.

Este Mundo Novo, onde o setor financeiro regressa ao papel devido da subsidiaridade da produção, onde o Capital assume o seu lugar paritário frente ao Trabalho e à Terra será o Mundo em que queremos viver, não aquele em que hoje somos forçados a viver.

Categories: Economia, Política Nacional, Portugal | 1 Comentário

Navegação de artigos

One thought on ““O sistema de algoritmos de alta frequência controlava menos de 25% das transações dos EUA em 2008; em 2012, já controla 70% das americanas e 40% das europeias”

  1. Pedro

    O sistema de algoritmos baseia-se na síntese probabilística baseada nas diversas oscilações do mercado em tempo real, essa projecção imediata faz com que sejam accionadas ordens de venda ou de compra instantaneamente.
    O sistema está viciado porque o investidor não está a basear o seu investimento numa análise realista da empresa ou corporação em questão, mas sim numa tendência do mercado se comportar como uma manada que se dirige numa direcção apenas por que quem vai à frente se dirige para esse ponto.
    Efectivamente quem realmente sabe como funcionam os mercados se aproveita desse facto e ganha imenso dinheiro principalmente à custa da desvalorização das acções infligida justamente por ordens maciças de venda.
    Os matemáticos foram feitos para a matemática dos números e não para a matemática do dinheiro, porque a um número corresponde uma unidade ou entidade abstracta, mas a um digito de unidade monetária corresponde não só à empresa em questão mas a muitos factores intrínsecos nomeadamente a pessoas, quem lidera, que tipo de trabalhadores e suas qualificações, que tipo de produto e sua relação qualidade/preço, em que comunidade está instalada essa empresa, qual a sua relação com a sociedade local e nacional, se tem a sua produção no país de origem ou fora dele, etc, etc…demasiadas variáveis para que um simples programa de analise matemática financeira possa resolver, digo mesmo impossível.
    As bolsas cada vez mais terão de ter pessoas avalizadas dirigindo as operações, que de facto conheçam e saibam como funciona o mercado, e não office boys sem qualquer responsabilidade de lidar com o dinheiro dos outros.
    Não é por acaso que um Buffet ainda é o principal adviser para as maiores fortunas mundiais, não se fia nesses cálculos matemáticos além te ter informação privilegiada, a forma como a obtém já daria certamente um livro, e também não é por acaso que quem perde dinheiro em bolsa são justamente os incautos que confiam nessas tendências.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: