A China, na primeira metade de 2012, foi a potencia espacial a realizar mais lançamentos, batendo os EUA e a Rússia

Pela primeira vez na História, a China realizou mais lançamentos espaciais do que a Rússia durante um período de seis anos. Na prática, isso significa que entre janeiro e junho de 2012, a China realizou dez dos trinta e cinco lançamentos do ano, mais um que a Rússia, com os seus nove lançamentos e… mais dois que os EUA, com os seus oito lançamentos. Bem atrás, está a europeia Arianespace com três lançamentos e uma série de países, como a Índia, o Irão, o Japão e a Coreia do Norte, todos com um lançamento bem sucedido, ou uma tentativa falhada (caso da Coreia do Norte).

Esta indicação – assim como o recente sucesso chinês com a visita do seu primeiro laboratório espacial por uma cápsula Shenzhou – indica que a China é atualmente a potencia espacial que mais investe nesse setor. Não domina a tecnologia como dominam europeus, norte-americanos e russos, dependendo muito da tecnologia russa para alavancar o seu programa espacial e assim recuperar o atraso de décadas. Mas está determinada a recuperar muito rapidamente esse atraso e tem o capital suficiente para o fazer num prazo muito curto, progredindo décadas ao ritmo de anos, enquanto que os outros agentes parecem mais ou menos congelados no estado em que se encontravam no começo deste século.

Fonte:

http://www.spacedaily.com/reports/China_Beats_Russia_on_Space_Launches_999.html

Categories: China, Ciência e Tecnologia, SpaceNewsPt | 2 comentários

Navegação de artigos

2 thoughts on “A China, na primeira metade de 2012, foi a potencia espacial a realizar mais lançamentos, batendo os EUA e a Rússia

  1. Thor

    “e uma série de países, como a Índia, o Irão, o Japão e a Coreia do Norte, todos com um lançamento bem sucedido” – Já o Brasil…

    • Como no fx2, nao percebo. O pais tem os meios, os recursos e o dinheiro, mas nao parece ter a vontade. E nao é uma questao (só) de falta de vontade política, é (sobretudo) uma questão de falta de contade popular, ja que esta, a haver, pressionaria a classe politica.
      Provavelmente, esta frustante paralisia tem a ver com os baixos niveis academicos do brasileiro comum…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: