Portugal Precisa de um Programa de Estímulo a Obras de Otimização Térmica dos Edifícios

“Sabia que cerca de 25% a 30% das nossas necessidades de aquecimento são devidas às perdas de calor que se originam nas janelas? E que 30% da energia que se gasta em Portugal é proveniente dos edifícios? Na realidade, só o setor residencial contribuiu com 17% dos consumos de energia primária em termos nacionais.” (…) “Cerca de 60% das caixilharias foram aplicadas há mais de 40 anos e a sua qualidade em termos de estanquicidade e permeabilidade é má ou muito má.”
Sol 9 de março de 2012

Um dos setores que mais sofre atualmente as consequências da crise atual é o setor da construção. Tal pressão resulta de décadas de construção descontrolada e de muita cumplicidade autárquica, condimentada com doses iguais de incompetência, irresponsabilidade e corrupção. Naturalmente, dada a contenção do crédito e a compressão das disponibilidades financeiras de muitos portugueses, agora o setor conhece uma crise histórica.

Nada a fazer? Errado. Portugal é – como se constata neste extrato – um dos países com mais a ganhar no que respeita ao lançamento de um programa alargado de melhoramento das características térmicas dos seus edifícios. Um programa governamental, que poderia passar simplesmente pelo estabelecimento de uma cativante isenção fiscal às obras de otimização térmica dos edifícios antigos poderia reduzir a fatura energética dos cidadãos e empresas, reduzir o défice energético e comercial luso e dar um balão de oxigénio a muitas pequenas empresas do ramo da construção…

Fica a sugestão!

Categories: Economia, Portugal | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: