“Em Portugal mandam Passos Coelho, Vítor Gaspar, Miguel Relvas. Acima dessa trindade (e mais que eles) mandam a senhora Merkel e o Parlamento alemão. Cavaco não manda rigorosamente nada.”

Foi você que votou nisto? (http://www.omocho.info)

Foi você que votou nisto? (http://www.omocho.info)

“Em Portugal mandam Passos Coelho, Vítor Gaspar, Miguel Relvas. Acima dessa trindade (e mais que eles) mandam a senhora Merkel e o Parlamento alemão. Cavaco não manda rigorosamente nada.”
Ana Sá Lopes
Jornal i, 17.2.2012

Protetorado. Efetivo. Anti-democrático e germanizado em décadas de erros políticos crassos, sucessivos e sistematicamente tolerados por um povo abstencionista e bovinizado por doses massivas de “tele-lixo” e de futebol.

Este é o Portugal de hoje: uma região secundária, totalmente desprovida de soberania, com o seu Mar aberto a um saque absoluto por parte da frota pesqueira espanhola a coberto de “legislação” europeia convenientemente urdida para tercializar o país e o tornar num gigantesco “clubmed” para conveniente usufruto dos turistas endinheirados do norte da europa.

Anúncios
Categories: Europa e União Europeia, Política Nacional, Portugal | 10 comentários

Navegação de artigos

10 thoughts on ““Em Portugal mandam Passos Coelho, Vítor Gaspar, Miguel Relvas. Acima dessa trindade (e mais que eles) mandam a senhora Merkel e o Parlamento alemão. Cavaco não manda rigorosamente nada.”

  1. otusscops

    retirado hoje (19-6-2012) do Mural do Feiçebuque d Pedro Passos Coelho, actualmente conhecido por 1º Ministro de Portugal:

    ” Pedro, acho que devias assumir a nossa relação…afinal de contas estás sempre a foder-me!!!”

  2. 😀

    olá Fadinha-dos-Bosques místicos do Minho.

    as saudades são mútuas.
    esta é dedicada especialmente a si, minha divindade Adorada e adorável:

    (agora ando a explorar a nova geração de Verdes Tintos, o vinhão da Quinta Torre de Aguiã http://www.torredeaguia.com/ficha_tecnica.html está no topo, quando devidamente acompanhado)

  3. Em, Portugal manda ele, a Merkel, o lobby do empurrão, a maçonaria… Não manda nem o cavaco nem os portugueses.

  4. Jose Mario HRP

    Será que o sistema democrático entrou em um dilema?
    Será viável manter esse atual sistema de governança e eleições?
    Aqui no Brasil estamos sentindo isso, a falta de representatividade e de atitude de nossos representantes quando ganham o poder.
    Mais e mais do mesmo, em todos os partidos e grupos politicos.

    • A solucao so pode passar pela multiplicacao dos niveis de representatividade, pela sua aproximacao dos eleitores, encurtamento dos prazos, formas de responsabilizacao (contratos politicos) e reforço do municipalismo.

      • concordo com os contratos políticos, mas fazer com que os mesmos se obriguem a tal é que vai ser “o cabo dos trabalhos”.
        isso vai cortar-lhes a essência do seu abnegado sacerdócio em prol dos seus amados concidadãos

        • Cabo dos trabalhos que – certamente – não será do seu interesse… mas esse deve ser o nosso objetivo (entre outros) para responsabilizar esta classe politica.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: