Do novo “Fundo de Investimento Imobiliário”: mais um golpe para safar a Banca e impedir o ajustamento (para baixo) dos preços especulativos do imobiliário

“O governo prepara-se para anunciar a criação de um fundo de investimento imobiliário com o objetivo de ajudar as famílias em dificuldade a conservarem a casa. (…) Mas os verdadeiros vencedores são os bancos. Ao atirarem os empréstimos tóxicos para um fundo imobiliário, riscam das suas contas milhões de euros de crédito malbarato que eram obrigados a provisionar (…) o preço das casas já não vai descer como aconteceria se os bancos tivessem de gerir milhares de imóveis entregues”.

Miguel Alexandre Gusmão
Correio da Manhã, 17 de maio de 2012

E eis que assim o poderoso lobby bancário consegue de novo ver rentabilizado o seu “investimento” nas campanhas do bi-partido PS/PSD… os nossos impostos acorrem de novo em socorro não dos pobres ou dos desempregados mas de um “fundo” imobiliário que vai acolher todo o sub-prime que décadas de crédito irresponsável e de preços especulativos (promovidos pela Banca e pelas suas torpes “avaliações”) criaram.
Ao invés de proteger as famílias em dificuldades emulando o exemplo dos EUA, onde a entrega da casa ao banco anula o empréstimo e assim permite a descida dos preços e o estimulo consequente ao mercado do arrendamento e a descida da divida externa nacional (quase total ela imobiliária) o Governo opta por safar a Banca. Os preços nitidamente especulativos do imobiliário em Portugal assim,  em consequência, não terão a correção de que precisa o pais e precisam as famílias. O mercado do arrendamento, esse Nó Górdio da dívida externa lusa (contraída em grande parte para financiar crédito imobiliário) não será desatado mas, em compensação, os balancetes da Banca serão preservados…

A Leste nada de novo, portanto.

Anúncios
Categories: Economia, Política Nacional, Portugal | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: