Daily Archives: 2012/06/10

O Homem Post-Moderno

“O post-moderno é ateu ou, no mínimo, agnóstico; para ele a vida é esta em que estamos e mais nenhuma. Por isso mesmo quer tudo, já! E como não se sente vinculado a uma Moral, também ignora a correspondente Ética. Ou seja, tudo vale para que alcance imediatamente a sua própria felicidade sem sacrifícios pessoais mas eventualmente à custa de sacrifícios alheios. Egocêntrico, assume o egoísmo como algo de natural e não olha a meios para alcançar os seus fins. E fá-lo de consciência tranquila. Sem sentimento de culpa, porque amoral e aético.”
Os Vorazes.
Henrique Salles da Fonseca
Finis Mundi, número 3

Mas este Homem está também morto. Não morto no sentido em que não se move, nem respira ou alimenta. Morto animicamente falando… Morto no sentido que não quer ser mais que a amiba que se alimenta a reproduz, sem produzir pensamento ou sem deixar no mundo uma marca digna desse nome.

Não pensamos que para se realizar, o Homem tenha que ser necessariamente “religioso”, não pelo menos no sentido mais restrito do mesmo. Mas “religião” é mais do que a execução de ritos religiosos ou o respeito exterior e aparente de alguns cânones. “religião” é sobretudo instalar o Homem no centro de uma geografia espiritual onde o Homem é centro, mas onde a periferia é tão indispensável à sua realização espiritual como o próprio centro. “Religião” é assim, re-ligar o Homem ao Cosmos, pela compreensão da posição complementar do Homem no Universo, do necessário respeito pela Natureza e pelo Meio… “Re-Ligar” é reconhecer um Valor Moral e Ético ao Homem e a necessidade de fazer nortear a sua vida e ação por princípios éticos e não meramente utilitaristas ou egoístas.

Categories: Sociedade, Sociedade Portuguesa | 2 comentários

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade