Contra o Assalto à TAP pela Iberia

Contra a possa da TAP pela Iberia (http://www.publituris.pt)

Contra o Assalto à TAP pela Iberia

“A pior solução é, sem dúvida, a integração da empresa no IAG (Iberia), na medida em que o hub passará a ser Barajas.”
Rui Moreira

“Não há razão para a Iberia/BA tratar Lisboa diferente de Barcelona, Sevilha, Valência, Corunha”.
Pedro Pita Barros

“Há muitos turistas brasileiros que apenas fazem escala em Lisboa com destino a várias capitais europeias”
Jorge Rebelo de Almeida

“Há companhias com as quais nunca deveríamos negociar. As europeias e brasileiras (que voa,  para onde a TAP voa) são altamente indesejáveis e o IAG é a solução mais desastrosa”
Henrique Neto

Expresso, 28 de abril de 2012

De todas as privatizações impostas por uma Troika dominada pelos interesses particulares e egoístas da Alemanha a da TAP é a que mais lesa os superiores interesses nacionais. Sem a TAP – entregue de bandeja a mãos estrangeiras – Portugal perderá a sua posição de entreposto de ligação intercontinental entre os três continentes onde fala a língua de Camões.

Em troca de umas centenas de milhões de euros (menos que o país tem de défice público mensal) Portugal perderá a sua empresa mais estratégica, para imenso gáudio da Iberia (que se prepara para abocanhar a empresa portuguesa) e para transferir para Madrid as suas operações, com imensa perda de Emprego, relevância económica e a total subalternização de Portugal frente a Espanha.

Portugal não pode vender a sua companhia de bandeira a uma empresa estrangeira (e muito menos a uma espanhola, como a Iberia) e se o fizer, então terá que pouco depois a renacionalizar, por forma a não se tornar num país irrelevante e numa mera “região” de Espanha.

Categories: Economia, Movimento Internacional Lusófono, Política Internacional, Política Nacional, Portugal | 9 comentários

Navegação de artigos

9 thoughts on “Contra o Assalto à TAP pela Iberia

  1. Joaquim Pinto da Silva

    É com a mais profunda tristeza que vos digo que a TAP “portuguesa” ou espanhola é-me indiferente. A TAP nunca serviu os interesses nacionais (apesar dos prejuízos permanentes justificados por esse motivo). A TAP serve os interesses de uma oligarquia que domina o país e sedia em Lisboa. A TAP trata de facto o resto do país como a IBERIA faz em Espanha a tudo o que não seja Madrid. A mesma tristeza que anunciei volta-me ao ver que muitas das pessoas cultas e inteligentes deste país que é o nosso, têm horizontes que não passam da Rotunda do Relógio e das praias dos Algarves. Não basta citar Leonardo Coimbra, Pascoaes e outros afins, é preciso compreendê-los e aplicá-los. O centralismo “mental” de grande parte da nossa elite é muito pior que o político “tout court”. É provinciano, é castrador do país. Se vivessem ou se” se projectassem” vivendo em Braga, Viseu ou Beja, facilmente percebiam o carácter não nacional da TAP.

    • Sim, compreendo-o bem, ou nao fosse eu (e o MIL) um longo defensor das virtudes da descentralizacao municipalista e um critico ferrenho do ermamento do interior de Portugal.
      Mas se perdermos a TAP, perdemos com ela a capacidade de a melhorar, certo?

  2. Fenix

    Sou contra da venda Tap á iberia.Antes a venda a Angola ou Brasil.Se não for possivel antes á China.Acho que a linha das privatizações é mesmo essa a venda para fora do espaço europeu.

    • Atualmente, parece que a IAG (Iberia) parece estar a ficar desinteressada (dizem que pela lentidão do processo). Assim, os colombianos ganham hipoteses…

  3. joaquim

    Penso de igual modo que o Fenix. Antes chinês do que castelhano.

  4. Pedro

    Não creio que a TAP seja vendida à Ibéria por todos os motivos e mais alguns, mas sim será vendida à Emirates ou à companhia de Singapura, do mal o menos.

    • É o que parece… e ainda bem. A IAG aliás disse recentemente que tinha perdido o interesse por causa da morosidade do processo. Sou contra a privatizacao (que nao segue os interesses de Portugal), mas a ser privatizada que seja para a Emirates (quanto mais longe, melhor!)

  5. Fenix

    Também ouvi algo sobre Singapura.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

<span>%d</span> bloggers like this: