Agostinho da Silva: “Temos que levar gente, não a uma vida cómoda, a uma vida fácil, mas temos que ter a coragem de leva-la a uma vida difícil, a uma vida perigosa, pois só com uma vida difícil, rigorosa e perigosa, dá o homem o melhor de si próprio. É necessário obriga-lo a saltar obstáculos.”

Agostinho da Silva (http://ebicuba.drealentejo.pt)

Agostinho da Silva (http://ebicuba.drealentejo.pt)

“Temos que levar gente, não a uma vida cómoda, a uma vida fácil, mas temos que ter a coragem de leva-la a uma vida difícil, a uma vida perigosa, pois só com uma vida difícil, rigorosa e perigosa, dá o homem o melhor de si próprio. É necessário obriga-lo a saltar obstáculos.”

Baden-Powell, pedagogia e personalidade
Agostinho da Silva

Agostinho da Silva é um dos principais pensadores que – a par de Teixeira de Pascoaes, António Telmo, Pinharanda Gomes e Dalila Pereira da Silva – inspiraram o pensamento política e cívico do MIL: Movimento Internacional Lusófono.

Ora Agostinho nunca quis, nunca soube ou foi capaz de levar uma vida cómoda ou tranquila. Audaz, inovador e empreendedor, correu mundo fundando aqui e ali universidades ou centros culturais, ensinando crianças e adultos, escrevendo e pensando sempre e de forma original. Esta sua intranquilidade deve servir-nos de exemplo e perante as trágicas dificuldades com que agora nos deparamos esta intranquilidade do pensador de Barca d’Alva deve inspirar-nos e levar-nos a prescindir de todos os luxos e materialismos fátuos a que hoje nos habituamos, concentrarmo-nos no essencial, na cultura, na vida mental e familiar e aceitar com alegria e coragem os desafios que a grave crise económica, financeira e moral hoje nos apresenta.

Anúncios
Categories: Agostinho da Silva, Educação, Política Nacional, Portugal | 2 comentários

Navegação de artigos

2 thoughts on “Agostinho da Silva: “Temos que levar gente, não a uma vida cómoda, a uma vida fácil, mas temos que ter a coragem de leva-la a uma vida difícil, a uma vida perigosa, pois só com uma vida difícil, rigorosa e perigosa, dá o homem o melhor de si próprio. É necessário obriga-lo a saltar obstáculos.”

  1. Thor

    Temos que levar gente, não a uma vida cómoda, a uma vida fácil, mas temos que ter a coragem de leva-la a uma vida difícil, a uma vida perigosa, pois só com uma vida difícil, rigorosa e perigosa, dá o homem o melhor de si próprio. É necessário obriga-lo a saltar obstáculos.”

    Com todo o respeito pelo sábio Agostinho da Silva, mas não concordo com extremos. Prefiro um meio-termo, uma vida moderada, nem apenas cômoda e fácil (porque é monótono) é nem uma vida somente difícil, rigorosa e perigosa (porque não vejo vantagem em sofrer tanto). Vivemos numa realidade de dualidades, então o caminho é o equilíbrio entre os polos extremos.

  2. Lusitan

    Devemos daqui inferir que o Governo português é um fiel seguidor das teorias de Agostinho da Silva! 😀

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: