Agostinho da Silva: “Temos que levar gente, não a uma vida cómoda, a uma vida fácil, mas temos que ter a coragem de leva-la a uma vida difícil, a uma vida perigosa, pois só com uma vida difícil, rigorosa e perigosa, dá o homem o melhor de si próprio. É necessário obriga-lo a saltar obstáculos.”

Agostinho da Silva (http://ebicuba.drealentejo.pt)

Agostinho da Silva (http://ebicuba.drealentejo.pt)

“Temos que levar gente, não a uma vida cómoda, a uma vida fácil, mas temos que ter a coragem de leva-la a uma vida difícil, a uma vida perigosa, pois só com uma vida difícil, rigorosa e perigosa, dá o homem o melhor de si próprio. É necessário obriga-lo a saltar obstáculos.”

Baden-Powell, pedagogia e personalidade
Agostinho da Silva

Agostinho da Silva é um dos principais pensadores que – a par de Teixeira de Pascoaes, António Telmo, Pinharanda Gomes e Dalila Pereira da Silva – inspiraram o pensamento política e cívico do MIL: Movimento Internacional Lusófono.

Ora Agostinho nunca quis, nunca soube ou foi capaz de levar uma vida cómoda ou tranquila. Audaz, inovador e empreendedor, correu mundo fundando aqui e ali universidades ou centros culturais, ensinando crianças e adultos, escrevendo e pensando sempre e de forma original. Esta sua intranquilidade deve servir-nos de exemplo e perante as trágicas dificuldades com que agora nos deparamos esta intranquilidade do pensador de Barca d’Alva deve inspirar-nos e levar-nos a prescindir de todos os luxos e materialismos fátuos a que hoje nos habituamos, concentrarmo-nos no essencial, na cultura, na vida mental e familiar e aceitar com alegria e coragem os desafios que a grave crise económica, financeira e moral hoje nos apresenta.

Categories: Agostinho da Silva, Educação, Política Nacional, Portugal | 2 comentários

Navegação de artigos

2 thoughts on “Agostinho da Silva: “Temos que levar gente, não a uma vida cómoda, a uma vida fácil, mas temos que ter a coragem de leva-la a uma vida difícil, a uma vida perigosa, pois só com uma vida difícil, rigorosa e perigosa, dá o homem o melhor de si próprio. É necessário obriga-lo a saltar obstáculos.”

  1. Thor

    Temos que levar gente, não a uma vida cómoda, a uma vida fácil, mas temos que ter a coragem de leva-la a uma vida difícil, a uma vida perigosa, pois só com uma vida difícil, rigorosa e perigosa, dá o homem o melhor de si próprio. É necessário obriga-lo a saltar obstáculos.”

    Com todo o respeito pelo sábio Agostinho da Silva, mas não concordo com extremos. Prefiro um meio-termo, uma vida moderada, nem apenas cômoda e fácil (porque é monótono) é nem uma vida somente difícil, rigorosa e perigosa (porque não vejo vantagem em sofrer tanto). Vivemos numa realidade de dualidades, então o caminho é o equilíbrio entre os polos extremos.

  2. Lusitan

    Devemos daqui inferir que o Governo português é um fiel seguidor das teorias de Agostinho da Silva! 😀

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

%d bloggers like this: