Do Estado Atual do Setor de Defesa Argentino

Submarino "San Juan" (http://www.naval.com.br)

Submarino “San Juan” (http://www.naval.com.br)

Num momento em que a tensão diplomática e militar entre a Argentina e o Reino Unido se intensifica em pleno clima de crise económica nos dois países (o que sempre cria condições para que se procurem “inimigos externos”) importa fazer uma breve passagem sobre aquilo que são hoje as forças armadas deste país da América do Sul.

As despesas militares argentinas subiram de forma consistente nos últimos anos e assim deverá continuar a acontecer até, pelo menos,  2015. Um aspecto importante tem sido um estreitamento constante nas relações no setor de Defesa entre a Argentina e o Brasil naquela que tem sido uma das “alianças estratégicas” regionais mais fortes, reforçada simbolicamente nos últimos dias com a revelação de que o Brasil apoiou a Argentina na Guerra das Malvinas.

Ainda que pareça remota,  há uma possibilidade para que a Argentina procure retomar pela via armada o controlo das Malvinas. O maior obstáculo a que isso aconteça é hoje o estado em que se encontram as forças armadas argentinas, muito inferior em termos de qualidade e números de equipamento ao que se verificava na década de oitenta. Recentemente, e apesar da crise económica, o governo decidiu encomendar 40 treinadores avançados IA-63 Pampa e assim financiar o desenvolvimento projetado de uma versão de ataque do aparelho. Os Pampa serão entregues ao longo de quatro anos a partir de 2012.

A Argentina entretanto terminou um estaleiro de manutenção dos seus submarinos, o “CINAR” que completou recentemente a manutenção do submarino “San Juan” da Classe alemã TR-1700. Previamente, a Argentina era forçada a enviar os seus submarinos para o Brasil, para serem atualizados.

Fontes:
http://en.wikipedia.org/wiki/TR-1700_class_submarine
http://www.defencetalk.com/argentina-defence-and-security-report-2012-41802/

Categories: DefenseNewsPt, Política Internacional | Etiquetas: | 17 comentários

Navegação de artigos

17 thoughts on “Do Estado Atual do Setor de Defesa Argentino

  1. Riquepqd

    Atualmente a Argentina é apenas a quinta força militar sul-americana.

    • Sim, são uma sombra do que eram na altura da Guerra das Malvinas… Especialmente, na força aérea.

      • Riquepqd

        Apesar de serem a 2ª maior econômia da América do Sul, e um país considerado desenvolvido, parece que a Guerra das Malvinas os traumatizaram, e os fizeram largar suas forças armadas às traças.

        Normalmente quando um país perde uma guerra, procura se reforçar muito mais para que no futuro não venha perder outra, com a Argentina aconteceu ao contrário.

        • de permeio entraram em bancarrota e o regime militar caiu… a combinação temporal dos dois fatores (mais a derrota) contribuiu para este severo desinvestimento, claro.

  2. Riquepqd

    Acho que esta história não é conhecida na Europa, mas no Brasil já foi alvo de reportagem do programa Fantástico da Globo, no período da 2ª Guerra Mundial, a Argentina e a Alemanha tinham um plano secreto para invadirem o Brasil.

    A Argentina ganharia território, influência e com a ajuda da Alemanha se tornaria uma grande potência militar e econômica da América do Sul. Além de se tornar um novo Estado germânico com a grande imigração alemã que aconteceria após a invasão do Brasil.

    Já a Alemanha criaria mais um novo Estado germânico no sul do Brasil, com os teuto-brasileiros que em maioria os apoiavam e com uma nova grande imigração alemã que aconteceria após a guerra.

    Este plano começou a ser executado, nazistas infiltrados começaram com as operações de guerra psicológica no sul do Brasil para conquistar os colonos alemães, jornais em língua alemã eram usados para este fim, a Alemanha também patrocinava mais de mil escolas em colônias alemãs e usavam a propaganda nazista nestes locais.

    Em dado período os nazistas já tinham numerosa quantidade de simpatizantes a ideia de uma germânia sul-americana, chegou ao ponto de apenas restar o golpe final, que seria o reforço do Exército Argentino com armas alemãs e o ataque final com bombardeiros alemães que viriam da África, conforme vemos no vídeo abaixo, mas ainda bem que foi descoberto e desmanteladas as garras nazistas no sul do Brasil a tempo.

    • Não, de todo. Nao conhecia. Conhecia (e acho q ja escrevi aqui sobre isso) sobre os planos e expedicoes amazonicas, mas dessa coligacao com a argentina (identico ao plano que se tentou fazer com Franco! ) nao.

    • Thor

      Ainda bem que essa bicha louca do Führer foi derrotado. Tenho tanto orgulho do meu colega vingador Capitão América. Alemanha no século 20 foi um vexame para Asgard. 😈

      • 😀

        quem derrotou a bicha doida do Fuhrer foi o Capitão Gayyyyyyyyyy!!!
        (e Carlos Suely, obviamente)

        • Thor

          Mocho do Minho, senti saudades suas! 🙂
          Antes você poderia dizer “Odin, pá!”. Agora, se quiser, vai poder dizer “Thor, pá!” 😉

          • Thor, deus do Trovão, dos Relâmpagos, da Força, dos Carvalhos, saúdo-te e invoco-te para colocarmos a Lusofonia, o Qvintvs e o CP na rota certa!!!

            • Thor

              Atendo a sua oração com duas condições:
              1ª-Você vai passar a viver pelo sinal do martelo:
              http://www.mylot.com/w/photokeywords/sign+of+the+hammer.aspx
              2ª- Você vai continuar a beber vinho. Mas vai aprender a gostar de hidromel também. Nem que for o Obras do Caratão, Ou qualquer um produzido na Serra da Estrda Est

              • Thor

                Ou qualquer hidromel produzido na Serra da Estrela mesmo. Mas vou lhe converter, você ainda vai beber hidromel! 😀

      • Bem, tecnicamente ele nao era “bicha”. A Eva que o diga. ..

  3. joaquim

    A alemanha não conseguiu o domínio da europa através das duas guerras que desenvolveu, uma em 1914/18 e a outra em 1939/45. Agora criou a união europeia, nome que não é mais do que um eufemismo, que oculta o ideal pan-germanismo, que não morreu e que está vivo, e que os povos mundiais não se devem esquecer deste pormenor.
    Por semelhança existe uma outra situação sobre toda a península ibérica, que é o ideal castelhano. Dominaram e colonizaram todas as outras regiões da ibéria e querem também submeter Portugal ao centralismo madrileno. O que não conseguiram com todas as guerras que nos imposeram e querem conseguí-lo agora e andam todos contentes por quererem ser grandes com o espezinhamento dos outrios povos da galiza, país basco e catalunha e agora portugal, escravizando-os e retirando-lhes todos os seus direitos de liberdade.
    Abaixo tais ideais, mesmo que omissos.

    • A economia está a ser ferramenta que todos aqueles que tentaram criar imperios na europa nao conseguiram. Agora, isso está a passar-se com a Alemanha mas com uma chanceler fraca! Imaginemos como estariamos e no seu lugar estivesse um lider forte e carismatico! Estariamos todos bem tramados!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

<span>%d</span> bloggers like this: