Daily Archives: 2012/04/12

Dilma, a Presidenta que precisamos na Europa (e em Portugal, sobretudo)

 

Dilma Rousseff (http://www.dica1.com.br)

Dilma Rousseff (http://www.dica1.com.br)

Dilma mostra que tipo de líder devia ter hoje Portugal: a Presidenta brasileira (como gosta de ser chamada) disse que a moda Europa da “austeridade custe o que custa”, imposta a partir de Berlim e aproveitando uma geração de líderes europeus particularmente medíocres e boçais é uma loucura e tem que ser travada.

Dilma Rousseff disse: “Hoje em dia, via tsunami monetário, está em curso, no mundo, a prática das desvalorizações competitivas, o que se chama de empobreça o seu vizinho. É uma situação esquizofrénica na Europa, que não consegue uma solução de crescimento. Muitos países estão com graus de desemprego do ponto de vista político incompatíveis com sistemas democráticos abertos. A dívida grega não é financiável, assim como a de Portugal“.

Porque não temos nós uma Dilma em Portugal? Um político/a capaz de enfrentar os germanos e dizer a verdade: Não é com austeridade que se resolve a crise. Resolve-se com a alteração do mandato do BCE permitindo-lhe financiar diretamente os governos (como qualquer Banco central…), erguer proteções contra os dumpings chineses e promover a produção agrícola e industrial europeia.

Fonte:
http://expresso.sapo.pt/dilma-ataca-europa-e-estados-unidos=f711578

Categories: Brasil, Política Internacional | 55 comentários

QuidsL1 Cidade de Bissau

Para participar clique AQUI !

Pontos:

Clóvis Alberto Figueiredo (17) [Kristang, São Tomé e Príncipe, Guerra Civil em Angola, Timor-Leste, Alcácer Quibir, Cinema da Guiné-Bissau, História da Cidade de Luanda, História da Guiné-Bissau (pré-1700), Guerra Civil na Guiné-Bissau, A Guerra de Independência do Brasil, Conhece bem a CPLP?, Poesia Angolana,Programa Espacial Brasileiro, Poesia Timorense,Entrada da Portugal na CEE/UE,O Brasil na Segunda Grande Guerra,O Reino Suevo]
Luis Brântuas (15) [Agostinho da Silva, Literatura Brasileira, Geografia de Moçambique, A Emigração em Cabo Verde, História de Macau,Força Aérea Angolana,GNR em Timor Leste,Cinema Moçambicano,Ilha do Príncipe,Flora e Fauna de Cabo Verde,Portugal e a Exploração do Espaço,Falintil,Literatura de São Tomé e Princípe,Companhia Colonial de Navegação, Cidade de Bissau]
Valdecio Fadrini (1): [Guerra do Paraguai]
Otus Scops (1): [Gilberto Freyre]

Regulamento:
1. Todos os quids valem um ponto
2. Os Quids são lançados a qualquer momento do dia ou da noite, de qualquer dia da semana
3. Os Quids terminam quando um concorrente chegar aos 20 pontos
4. Sai vencedor do Quid o primeiro concorrente a acertar em todas as respostas
5. Cada participante só pode responder uma vez

Categories: Lusofonia, Portugal, QuidsL1 | 1 Comentário

Petros Markaris: “O que foi precioso para a Europa foi a diversidade”

“O que foi precioso para a Europa foi a diversidade. A diversidade de tradições, de processos históricos, a diversidade de cultura em cada país da UE. Sacrificámos tudo isso à moeda comum, que por natureza é contrária a qualquer diversidade. Agora pedem-nos para, em nome da moeda comum, adoptarmos uma forma única de vida, que é maioritariamente alemã. Mas não nos podemos todos tornar alemães, da mesma forma que os alemães não se podem tornar portugueses ou gregos. Estamos a mover-nos rumo a uma Europa uniformizada e isto é mau para os países e também para a Europa.”
Petros Markaris
Jornal de Negócios
13 de janeiro de 2012

É esta pulsão muito germânica de tudo formatar ao mesmo modelo que está a destruir o sonho europeu. Criado inicialmente num modo de partilha de soberania, coexistência, coesão e entre-ajuda, vemos hoje a Europa e as suas instituições a usaram ameaças de “punições”, “fiscalizações”, “limitações de soberania” e “protetorado”, como formas de exercer domínio. A europa dos chamados “pais fundadores” do Tratado de Roma não era esta europa… Era uma europa dominada por preocupações morais, filosóficas e politicas, não pelas ditaduras da economia e finanças e sobretudo, não estava ao serviço dos interesses dos especuladores e dos mercados.

Uma europa que seja aglutinadora, que tudo destrua em nome de um “ideal” imperial, imposto a partir da Alemanha, administrado e por ela aplicado não será certamente a mesma europa que esteve nos projetos que levaram à sua fundação e que tornaram a União Europeia num exemplo de prosperidade, democracia e desenvolvimento. Mas infelizmente é para esta conceito recauchutado de “europa” que estamos a caminhar em passo muito acelerado…

Categories: Economia, Política Internacional, Política Nacional, união europeia | 3 comentários

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade