Daily Archives: 2012/04/06

Jean-Claude Trichet: “Uma taxa sobre as transações financeiras proposta pela Comissão Europeia só seria eficaz se fosse implementada a nível global”

Jean-Claude Trichet (http://www.livetradingnews.com)

Jean-Claude Trichet (http://www.livetradingnews.com)

Nos últimos anos raramente tenho estado de acordo com as palavras e ações do antigo presidente do BCE,  um tal de Jean-Claude Trichet… Mas quando este vem dizer publicamente que “uma taxa sobre as transações financeiras proposta pela Comissão Europeia só seria eficaz se fosse implementada a nível global”, é impossível não lhe dar razão.

É absolutamente imperativo criar mecanismos que desincentivem a concentração anormal do capital nos Mercados enquanto ele é cada vez mais escasso na economia real. Existem fundamentalmente duas formas de corrigir este desvios: fim dos Off Shores e uma Taxa Tobim sobre os investimentos especulativos. Mas ambos não podem ser aplicados apenas num país isolado ou numa região (como a União Europeia) e esta dupla ação tem que partir de uma ação concertada e global por forma a que não se assistam a deslocações brutais de capital de um país ou região para outro. Essa é também a opinião de Trichet…

O problema é conseguir um consenso alargado entre os maiores países do mundo a este propósito… tarefa quase impossível. Assim sendo será de esperar que nada mude a curto prazo e que o setor financeiro continue a escapulir aos sacrifícios que assolam hoje boa parte da população e a não corresponder para a economia real com as ajudas que recebeu depois de 2008.

Fonte:
http://www.agenciafinanceira.iol.pt/economia/trichet-transacoes-financeiras-europa-agencia-financeira/1336385-1730.html

Categories: Economia, Política Internacional, Política Nacional, Portugal | Deixe um comentário

Domingos Simões Pereira: “Portugal continua a ter potencial para abrir as portas da Europa aos países lusófonos”

Domingos Simões Pereira (http://sol.sapo.pt)

Domingos Simões Pereira (http://sol.sapo.pt)

Recentemente, Domingos Simões Pereira, o atual secretário-executivo da CPLP referiu que “Portugal continua a ter potencial para abrir as portas da Europa aos países lusófonos” mas acrescentou que “Portugal tem esse potencial. Se consegue os mecanismos para dele se servir e promover é uma questão que deve ser colocada não só a Portugal, mas ao conjunto dos países. (…) Pode ser um exercício complicado (no actual contexto)”.

A questão de saber se Portugal consegue compatibilizar a sua presença na União Europeia enquanto a Troika lhe impõe uma austeridade severa e castradora (no que respeita à liberdade orçamental) é bem atual: um Portugal menos soberano terá liberdade para continuar a ser um membro ativo e dinamizador do desenvolvimento da CPLP até aquela “Comunidade Lusófona” a que o MIL almeja?… Portugal não deve esquecer a sua vocação atlântica e lusófona para permanecer na Europa. E se a Europa exigir que o façamos, então devemos sair de uma europa (com “e” pequeno) que exclui onde deve incluir, que absorve onde deve compatibilizar e que desperdiça o papel central que um dos seus Estados-membros pode desempenhar no estabelecimento de pontes culturais, económicas, diplomáticas e sociais com África e o Brasil.

Fonte:
http://www.dnoticias.pt/actualidade/mundo/305614-abrir-portas-da-europa-a-lusofonos-pode-ser-exercicio-complicado

Categories: Lusofonia, Movimento Internacional Lusófono | Etiquetas: | 15 comentários

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade