Daily Archives: 2012/03/28

Líbia: mais uma exportação para o Dassault Rafale?…

Dassault Rafale (http://www.defencetalk.com)

Dassault Rafale (http://www.defencetalk.com)

A Líbia é um dos países mais ricos de África e – simultaneamente – um dos mais mal armados do continente… Nem sempre foi assim, mas décadas de bloqueio e a recente guerra civil destruíram ou tornaram inoperacional a maior parte do equipamento das forças armadas líbias.

Ainda sob Kadafi, em 2007 assinou-se um contrato com França que ascendia a mais de 4.5 mil milhões de euros que previa a venda de caças Rafale, que (como tem sido hábito com os Rafale…) não se viria a concretizar. Depois de 2007 houve algumas noticias sobre contratos de manutenção com a Rússia.

Pouco antes da guerra civil, a força aérea Líbia contava com alguns F1 recuperados e (possivelmente) cerca de 30 MiG-23. Todos os MiG-21 estavam já inoperantes…

Este cenário abre boas perspetivas aquela que poderá ser a segunda exportação do Dassault Rafale… A presença determinante deste modelo nas operações de suporte aéreo da NATO na guerra civil, a existência de aparelhos franceses (o Mirage F1) e até a decisão de Kadafi em 2007, tudo joga a favor do aparelho francês… Vai uma aposta?…

Fonte:
http://www.defenseindustrydaily.com/the-french-connection-libya-seeking-arms-deals-04417

Categories: DefenseNewsPt, Política Internacional | Etiquetas: , | Deixe um comentário

A Arábia Saudita está a enviar armamento para os rebeldes sírios

A Arábia Saudita está a enviar armamento ligeiro para os rebeldes sírios em grandes quantidades. A decisão não tem precedentes e revela a escala do empenho do regime saudita na estabilização interna do seu vizinho do norte e… os receios de que por contaminação,  a contestação popular alcance também a própria Arábia Saudita.

O armamento saudita está a ser enviado através da Jordânia e a ser entregue ao chamado “Exército Livre Sírio”. A operação terá sido acertada numa reunião recente entre os monarcas jordano e saudita e Riyadh. Naturalmente,  ambas as capitais árabes negam esta reunião e este auxílio…

O nervosismo de Aman é notório: já vivem na Jordânia mais de 80 mil refugiados sírios e esse numero cresce quase todos os dias… o principal parceiro comercial da Jordânia é precisamente a Síria e a proximidade geográfica torna muito provável o cenário de contaminação da contestação popular até uma Jordânia que no passado recente conheceu igualmente elevados níveis de contestação popular.

Fonte:
http://www.spacewar.com/reports/Saudi_sends_military_gear_to_Syria_rebels_diplomat_999.html

Categories: DefenseNewsPt, Política Internacional | Etiquetas: | Deixe um comentário

António José Borges: “Deseja-se que no contexto da UE e na memória da CPLP se mantenha viva a tónica de que não pode ser livre um povo que subjugue outros povos”

António José Borges (https://ogrunho.files.wordpress.com)

António José Borges (https://ogrunho.files.wordpress.com)

“Deseja-se que no contexto da UE e na memória da CPLP se mantenha viva a tónica de que não pode ser livre um povo que subjugue outros povos. Portanto, é urgente que se ergam os coveiros da sociedade portuguesa que há séculos estiolam na ociosidade, vivendo parasitariamente da apropriação improdutiva dos frutos do trabalho alheio e desdenhando de toda a inovação.”
Rumar Portugal, Considerar a Europa, Pensar a Lusofonia
António José Borges
Nova Águia, número 8

A União Lusófona – evolução natural da CPLP se esta não insistir num ritmo vegetativo – não pode ser apenas “outra” ALCA, UNASUL ou UE. Tem que ser uma estrutura multi-estatal de tipo novo, que incentive a um novo tipo de relações entre os Estados, os Cidadãos e que alavanque em novos conceitos a forma do cidadão viver e estar em comunidade.

Esta União Lusófona dos tempos futuros deve ser erguida não em torno de uma ou dos potencias dominante (como os EUA com a ALCA ou a Alemanha, com a UE) mas em forma que deixe no mesmo patamar todos os Estados que a ela se queiram agregar. Uma UL deve incorporar mecanismos que impeçam também a “ditadura das minorias”, mas não pode descurar igualmente os direitos dos pequenos. Para compatibilizar esta aparente contradição há uma solução: um sistema representativo bicameral, com uma câmara de representação paritária (Senado) e um Parlamento proporcionalmente correspondente ao peso demográfico de cada Nação.

Categories: Europa e União Europeia, Lusofonia, Movimento Internacional Lusófono, Política Nacional, Portugal | Etiquetas: | 1 Comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade