Daily Archives: 2012/02/28

Como avalia o grupo MIL no facebook?

Participe clicando AQUI!

Ligação do Grupo: http://www.facebook.com/groups/2391543356/

Anúncios
Categories: Movimento Internacional Lusófono | Deixe um comentário

X Fórum PASC: Encontro Público “A Importância da Lusofonia” (4)

Intervenção do Dr. Fernando Nobre
Presidente Honorário do MIL

Fórum organizado pelo MIL (entidade PASC)
http://www.movimentolusofono.org

Categories: Europa e União Europeia, Lusofonia, Movimento Internacional Lusófono, Política Internacional, Política Nacional, Portugal | Deixe um comentário

A Rússia vai construir seis submarinos e um porta-aviões por ano a partir de 2013

Submarino Yury Dolgoruky (http://paralay.net)

Submarino Yury Dolgoruky (http://paralay.net)

A Rússia vai construir seis submarinos e um porta-aviões por ano a partir de 2013, declararam altos responsáveis pelo Kremlin. De notar que estes números são teóricos, mas que são superiores ao melhor da era soviética, quando se fabricava uma média de seis submarinos por ano.

Os problemas de financiamento, pessoal qualificado e equipamento obsoleto estão hoje ultrapassados e é possível levar avante os planos para construir oito submarinos estratégicos Borey dotados de mísseis com capacidade nuclear Bulava e até dez submarinos de ataque Graney. Atualmente, o primeiro Borey, o Yury Dolgoruky, está já a fazer testes de mar e três outros navios estão já em construção.

A Rússia entre 2012 e 2020 vai gastar 155 mil milhões de dólares em equipamento militar, contando-se aqui estes submarinos Borey e Graney, fragatas e reparação de navios hoje em serviço. Daqui se conclui que após 2020 a marinha russa será essencialmente uma marinha submarina…

Fonte:
http://www.spacewar.com/reports/Russia_to_build_six_submarines_annually_from_2013_999.html

Categories: DefenseNewsPt | Etiquetas: | 12 comentários

QuidsL1: A Emigração em Cabo Verde

Clique Aqui!

http://becomingamerica.edublogs.org

Pontos:
Clóvis Alberto Figueiredo (6) [Kristang, São Tomé e Príncipe, Guerra Civil em Angola, Timor-Leste, Alcácer Quibir, Cinema da Guiné-Bissau]
Luis Brântuas (4) [Agostinho da Silva, Literatura Brasileira, Geografia de Moçambique, A Emigração em Cabo Verde]

Regulamento:
1. Todos os quids valem um ponto
2. Os Quids são lançados a qualquer momento do dia ou da noite, de qualquer dia da semana
3. Os Quids terminam quando um concorrente chegar aos 20 pontos
4. Sai vencedor do Quid o primeiro concorrente a acertar em todas as respostas
5. Cada participante só pode responder uma vez

Categories: Lusofonia, QuidsL1 | 2 comentários

“Em 1957, António Quadros definiu assim a situação: “Quem pense portuguesmente, quem ouse ter ideias próprias e não imitadas dos pensadores estrangeiros, assina desde logo um atestado de condenação social”

António Quadros (http://b.vimeocdn.com)

António Quadros (http://b.vimeocdn.com)

“Em 1957, António Quadros definiu assim a situação: “Quem pense portuguesmente, quem ouse ter ideias próprias e não imitadas dos pensadores estrangeiros, assina desde logo um atestado de condenação social.”
Exilado do Mundo
António Carlos Carvalho
Revista Nova Águia, número 8

Por isso mesmo, não nos cansamos de defender conceitos tão diversos daquilo que é o pensar geral das gentes e a inclinação “natural” dos políticos: a União Lusófona e a re-ligação aos povos da lusofonia. Este movimento deve ser seguido de uma regeneração social, política e económica da própria portugalidade, pela via do regresso a si mesmo, aos seus valores (pela expulsão dos fatores exógenos europeus) e pela prioridade dada à autonomia e soberania contra a dependência e o esvaziamento produtivos.

Pensar fora-do-eixo em Portugal é pensar fora da Europa, além deste obsessivo centramento europeu das ultimas décadas que limitou a visão estratégica das ultimas gerações e que nos condicionou – coletivamente – a seguir obedientemente todos os ditames que os “senhores da europa”, lá do norte germânico ou pseudo-germânico (França) nos mandam. Há que pensar por nós, já que pensar pelos germanos do norte produziu apenas um pais deprimido, desmotivado, improdutivo e devedor. Há que recuperar as esquecidas formas genuinamente portuguesas de pensamento e de Estar no mundo, recuperar a soberania e independência perdidas para a Europa e reconstruir Portugal reencontrando a sua base produtiva e padrões de consumo compatíveis com a riqueza gerada no nosso país.

Categories: Política Nacional, Portugal | Deixe um comentário

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade