“O primeiro semestre de 2012 parece ser critico sobre a sorte do euro”

“O primeiro semestre de 2012 parece ser critico sobre a sorte do euro. Dois países com peso surgem na ribalta; Itália e França. “Só em março serão 200 mil milhões de euros de emissão de divida”. (…) A Itália é o ponto fraco do refinanciamento europeu em 2012 e pode ser a surpresa desagradável do ano. Segundo Fabrizio Goria, do jornal Linkiesta: “a Itália vai necessitar de uma reestruturação. Não é demasiado grande para falir, é demasiado grande para resgatar.”

Fonte:
www.negocios.pt

Veremos então. Perante o eventual fracasso destas emissões de divida publica espanholas e italianas os problemas financeiros gregos ou portugueses parecerão irrelevantes aos especuladores e o pânico decorrente do fracasso de uma só destas emissões ditará não só o fim da Zona Euro como da própria União Europeia. Simplesmente, não existe dinheiro suficiente na Europa ou no mundo para fazer um “bail-out” à Espanha ou a Itália e tal falhanço com o decorrente pânico dos Mercados levaria a duas bancarrotas descontroladas que antecederiam por horas apenas idênticos colapsos na Bélgica, França e Áustria, países que se encontram em situações não muito diferentes da espanhola e italiana.

Com as bancarrotas seguir-se-ia o colapso do Euro e o retorno às moedas nacionais ou a fundação de uma nova moeda “europeia” reservada apenas aos satélites alemães tradicionais (Holanda e Finlândia) criando assim uma efetiva separação entre europa do norte e europa do sul que ditaria definitivamente o fim ao projeto europeu de Schumann, Monet e Delors.

Categories: Economia, união europeia | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: