Investimento Direto Estrangeiro (IED) em Portugal – parte 1

O investimento estrangeiro é essencial para dinamizar o mercado interno e a própria economia nacional. O afluxo de capitais estrangeiros atrai ele próprio (por lógica de exemplo e contágio) mais capitais, desencadeando um processo de crescimento económico que rapidamente se propaga a toda a economia.

Fatores que atraem o investimento estrangeiro:
1. Capital atrai capital… A existência de valores significativos de capitais estrangeiros a entrar numa economia atrai mais capitais, por contágio e exemplo.
2. A abertura económica nacional
3. Os laços muito estreitos com a União Europeia e com os grandes mercados do norte da Europa
4. Os laços económicos, culturais e linguísticos com os países da Lusofonia servem de alicerce decisivo para a internacionalização da economia portuguesa e têm atraído muitos capitais, em especial do Brasil e de Angola, de que a Embraer e o BIC são apenas dois dos exemplos recentes mais conhecidos.
5. O quadro legal nacional é já bastante favorável ao investimento estrangeiro, quer depois da última revisão do Código Laboral, quer pelas concessões fiscais ou pelas infra-estruturas que têm conhecido um grande incremento nas últimas décadas.
6. A mão-de-obra portuguesa é relativamente qualificada, versátil e conhecida pela sua facilidade na adoção de novas tecnologias e métodos de trabalho.
7. Os custos laborais da mão-de-obra são considerados em muitos estudos comparativos dos mais competitivos da União Europeia.
8. Os níveis de segurança ambiental, riscos naturais e de segurança pessoal são dos mais altos do mundo, oferecendo uma estabilidade social de que poucos países no mundo se podem orgulhar.
9. Nos últimos anos, tem-se registado em Portugal um notável progresso no campo do crescimento da produção cientifica provando a existência de ampla camada de investigadores e instituições cientificas internacionalizadas e muito dinâmicas.
10. Em termos de infra-estruturas de energia, transportes rodoviários e portos, Portugal dispõe de uma das melhores ofertas mundiais. Sines, em particular, é o melhor porto de aguas profundas da Europa e a sua eminente ligação a uma rede europeia de alta velocidade irá torná-lo numa das principais portas de entrada e saída de mercadorias daquela que é hoje a maior zona de comercio do globo: a Europa.

Categories: Economia, Economia Politica, Política Nacional, Portugal | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

<span>%d</span> bloggers like this: