O Mundo da Bola não quer pagar os Impostos que deve ao Estado (a nós!)

Em plena recessão económica e durante aquela que já é a maior crise financeira dos últimos cem anos é notável a desfaçatez dos clubes da Bola que empurram para o Estado (nós!) a responsabilidade de pagar as dívidas ao Estado (nós!) que o “totonegócio” não conseguiu pagar. A Bola parece acreditar que – como o Banco de Portugal e Cavaco – vive num mundo à parte, completamente distinto de um país já com um milhão de desempregados e onde a austeridade se abate sobre (quase) todos, onda após onda.

O mundo da Bola tem-se conseguido furtar ao “longo” braço da Justiça, usando cumplicidades várias e muita inépcia e ao Fisco, ameaçando com os milhões de votos de fanáticos bolistas com que caninamente conta. Os jogadores e treinadores milionários, os “empresários” e dirigentes são remunerados como se Portugal fosse um dos mais ricos países do mundo.

Os clubes da Bola estão todos praticamente na bancarrota. Os clubes mais pequenos estão todos na bancarrota e sobrevivem não se sabe muito bem como, os maiores viviam do crédito fácil e barato, torneira que agora secou. Obviamente, todos (grandes e pequenos) gastam muito mais que ganham. Durante dez anos conseguiram tapar a diferença com crédito, mas agora, sem esse socorro (que de resto por crowding out roubava investimento à economia real) está no limite e ainda por cima encostado à parede pelo fisco.

Não podemos estar mais de acordo com a decisão de execuções fiscais contra a Liga e a FPF. Mas duvidamos da sua eficácia… Desde logo, os grandes clubes conseguem mobilizar milhares de arruaceiros e milhões de votos, depois, porque existem muitos políticos judiciosamente inseridos no mundo cinzento dos dirigentes da Bola a partir de onde exercerão o seu tráfico de influências…

Fonte:
http://www.jornaldenegocios.pt/home.php?template=SHOWNEWS_V2&id=534543&pn=1

Categories: Futebol e Corrupção, Justiça, Portugal | 2 comentários

Navegação de artigos

2 thoughts on “O Mundo da Bola não quer pagar os Impostos que deve ao Estado (a nós!)

  1. Fernando

    Quids e mais ciencia é o que faz falta!

  2. Sugestão anotada!
    Os quids voltaram, e em força….
    Ciência: tomarei em conta a sugestão e irei reforçar esse tipo de matérias.
    Obrigado.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

<span>%d</span> bloggers like this: