A Tecnologia ADSL2/2+

Data de meados de 2002 o padrão ADSL2. A tecnologia suportava teoricamente taxas de downstream de até 24 Mbps e de upstream de 1 Mbps. Estava também incluído no padrão uma modulação de sinal otimizada para um melhor desempenho e um reordenador de tons que eliminar interferências induzidas na linha por radiação AM.

O ADSL2 usa as linhas telefónicas tradicionais de uma forma muito mais eficiente que o primeiro ADSL, já que este ocupa 32 Kbps de banda de sinalização, enquanto que, por sua vez, o ADSL2 precisa de apenas 4 Kbps. Assim, sobra mais largura de banda para as transferências de dados.

O ADSL2+, por seu lado, implementa novas codificações e consegue chegar a uns teóricos 24 Mbps de downstream. O upstream é, contudo, o mesmo do ADSL2: 1 Mbps. Tal resulta do facto de se ter preferido reservar para o downstream a maior velocidade possível. A tecnologia permite ligações ADSL a distancias maiores, permitindo ligações a 4 Mbps a até 4 Km. Os modems de ADSL2/2+ conseguem também monitorizar a qualidade do sinal (como a atenuação) e envia alarmes quando esta se deteriora abaixo de um dado patamar. Desta forma o operador pode reagir a interferências (cabos semi-cortados, húmidos ou expostos) e corrigir o problema antes mesmo ser detetado pelo utilizador. A poupança de energia é outra característica destes modems, já que entram em hibernação sempre que não existe atividade de rede por parte do computador a que estão ligados.

Categories: Informática | 2 comentários

Navegação de artigos

2 thoughts on “A Tecnologia ADSL2/2+

  1. Onde é que compro um destes?!

  2. bem, só vale a pena ter um router adsl2 quando o teu ISP o suporta na linha… de qualquer modo, eles são incluidos nos pacotes que te metem em casa, pelo que não tens que te preocupar com esse aspecto da coisa.
    Nota: o adsl2 depende muito da distãncia até à central. Se estás longe: esquece.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

<span>%d</span> bloggers like this: