Daily Archives: 2012/01/24

Sobre a aproximação fronteiriça Galiza-Portugal

“A festa era sobretudo galega, com uma Cavalta de Reis a unir Valença e Tui, mas foram os bombeiros da cidade portuguesa a sorrir de forma especial ao receberem um cheque de 500 euros da autarquia da Galiza. “É uma ajuda dada habitualmente pela autarquia de Tui, pelo apoio que nós prestamos todo o ano”, explicou o presidente da Associação Humanitária dos Bombeiros de Valença. Isto porque o concelho de Tui não dispõe de corpo de bombeiros, pelo que em caso de emergencia o primeiro socorro é prestado pelos “voluntários” de Valença. “Obviamente que não chega para as despesas que temos em prestar o serviço, mas é um apoio importante”.

Diário de Noticias
6 de janeiro de 2012

Este singelo, mas ilustrativo, exemplo das boas relações entre as gentes da raia nortenha, espelha apenas as mútuas vantagens da aproximação luso-galega, as similitudes e proximidades linguísticas, culturais e civilizacionais entre Portugal e a Galiza e demonstram aquilo que uma aproximação entre os dois povos pode produzir: um maior rendimento dos equipamentos culturais e sociais existentes de ambos os lados da fronteira, até como forma de compensar o esvaziamento do interior que carateriza décadas de esvaziamento centralista de Lisboa e Madrid.

Portugueses e Galegos têm tudo a ganhar com esta aproximação. Lisboa e Madrid não perdem, nem ganham. Mas os cidadãos, ganham: em qualidade de vida e no pleno rendimento dos serviços públicos redundantes de ambos os lados da raia.

Anúncios
Categories: Galiza, Lusofonia | 5 comentários

A Procura de Moeda

Pela sua natural liquidez, a moeda simplifica as transações. Mas ao deterem moeda, os seus utilizadores estão sujeitos aos chamados “custos de oportunidade” uma vez que perdem a taxa de juro positiva que os ativos alternativos rendem. Desta forma, a expetativa de um nível mais elevado de inflação e de uma taxa de juro nominal mais elevada produz um efeito negativo na procura de moeda.

Por exemplo, se a taxa de juro de curto prazo paga sobre os depósitos bancários é de apenas 2 por cento, possuir mil euros leva a perder 20 euros por ano. A taxa de juro das oportunidades de investimento alternativas é o custo de oportunidade da detenção de notas.

Mas se numa inflação alta, as taxas de juro nominais aumentam e o juro bancário é de 10 por cento, os mesmos mil euros correspondem a dois euros por semana. Assim, quanto maior for a taxa de juro, maior a procura por notas e por isso é que a procura de moeda é elástica em relação à taxa de juro.

Categories: Economia, Economia Politica | 1 Comentário

Os fatores que determinam a evolução dos preços

A politica monetária influencia o nível de preços através do chamado “mecanismo de transmissão”: o banco central é o único emitente da “base monetária”, em monopólio, está assim em condições de influenciar as condições no mercado monetário e de orientar as taxas de juro de curto prazo.

No curto prazo, uma alteração das taxas de juro induzida pelo banco central tem um impacto nas decisões de despesa e de poupança das famílias e empresas. Assim, as taxas de juro mais altas tornam menos atrativo o recurso a empréstimos para o financiamento do seu consumo ou investimento. Pelo contrário, estimulam a poupança.

é geralmente aceite que no longo prazo, depois de ocorridos todos os ajustamentos reais na economia, uma alteração na quantidade de moeda em circulação só se reflete no nível geral dos preços e não cria alterações reais no produto ou no desemprego. Equivale assim à substituição de uma medida (km) por outra (milha) na medição das distancias. Chama-se a este principio “neutralidade da moeda” a longo prazo e presume que a longo prazo o rendimento real e o nível de emprego são determinados por fatores reais (do lado da oferta) e não por uma politica monetária expansionista.

A inflação é essencialmente um fenómeno monetário. A Historia mostra-nos que períodos prolongados de inflação elevada estão geralmente associados a um crescimento monetário intenso.

A oferta agregada refere-se à oferta de bens e serviços produzidos pelas empresas. Com os salários nominais constantes, um nível de preços mais elevado conduz a um decréscimo dos salários reais. Com salários reais mais baixos torna-se mais lucrativo para as empresas contratarem mais

Categories: Economia, Economia Politica | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade