Daily Archives: 2012/01/17

Mensagem enviada à Autoridade da Concorrência sobre o “plano EDP Continente”

“Tendo em conta a recente parceria entre o Sonae Continente e a EDP, oferecendo aos aderentes condições financeiras muito aliciantes e que se traduzem em elevados descontos, gostaria de na minha qualidade de cidadão, questionar a Alta Autoridade sobre se esta “parceria” que coloca o Continente numa posição comercial muito vantajosa e impossível de igualar por qualquer outra empresa do ramo da distribuição, especialmente pelas de pequena e média escala, é legal e conforme aos princípios da saudável e legitima concorrência.

Enquanto cidadão, preocupo-me com o facto de perante um desconto tão significativo como o que decorre desta campanha EDP-Continente, todas as outras empresas concorrentes não serão submetidas a uma erosão demasiado acentuada da sua base de clientes, acentuando a concentração já excessiva no mercado da distribuição e do retalho acentuando o oligopolio atualmente já existente, uma vez que operadores de pequena ou média dimensão não terão condições para equivalerem um protocolo estabelecido entre a elétrica nacional e um gigante da distribuição, como a Sonae Continente.”

Aguardo agora uma resposta…

Anúncios
Categories: Economia, Política Nacional, Portugal | Deixe um comentário

Quem quiser, pode votar no Quintus! …

clicando AQUI no concurso Blogs do ano 2011 !

Obrigado pelo apoio !

Categories: Blogging, Blogs | Etiquetas: | 3 comentários

“O português que hoje não sentir no peito um turbilhão de nojos e de desprezos, de revoltas e de indignações – não sem sombra de brio na sua alma; não merece sequer o nome de homem”

“O português que hoje não sentir no peito um turbilhão de nojos e de desprezos, de revoltas e de indignações – não sem sombra de brio na sua alma; não merece sequer o nome de homem. Já se sabe no País – supomos nós – que foram a Genebra os ditadores praticar a última das indignidades, tão monstruosa que se diria incrível: ali, onde o mundo inteiro se concentra e vibra, proclamaram a falência de Portugal e pediram à Sociedade das Nações que nos fizesse a esmola de nos tutelar. É o remate que imaginaram dar a oito séculos de história pátria esses que se apresentam como nossos chefes e como representantes do nosso exército (a Ditadura).”
Parte de Manifesto da Liga de Paris, 1927

Essa mesma humilhação nacional, de ver esta Nação milenar ir ao estrangeiro de mão estendida pedindo dinheiro para que a salvassem da Bancarrota vivêmo-la também nós agora, também. Um país que se apresenta aos outros, pedindo dinheiro a empréstimo em troca da submissão a uma série mais ou menos gravosa de ditames cai num dos pontos mais baixos a que um Estado pode cair: num semi-protetorado que fere de forma severa e duradoura o brio nacional e a capacidade da alma nacional de se regenerar e resolver a situação. As maiores crises económicas e sociais são sempre provocadas pela diluição da Moral e a submissão a um protetorado estrangeiro provoca inevitavelmente uma diminuição na Moral coletiva cujas consequências ainda hoje são difíceis de medir…

Categories: História, Política Nacional, Portugal | 6 comentários

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade