“Andar pela zona de Sines equivale a perceber que o futuro do país passa por ali”

Porto de Sines portugalfotografiaaerea.blogspot.com

Porto de Sines portugalfotografiaaerea.blogspot.com

“Andar pela zona de Sines equivale a perceber que o futuro do país passa por ali (OK, só um bocadinho do futuro pátrio). Não por acaso; o “El País” anda muito preocupado com a atratividade de Sines para as empresas chinesas. Tal como está, o porto já é atrativo (os singapurenses, espertos como um alho, já lá estão), mas, com o alargamento do Canal do Panamá, Sines ganhará ainda mais relevância para os chineses e restantes asiáticos. Não é preciso ser um génio para perceber porquê. Ora, se Portugal fizer a sua parte (ferrovia em bitola europeia), Sines poderá ser um caso sério. Aliás, “El País” adianta que um conglomerado de empresas chinesas pretende transformar Sines num posto avançado para a montagem dos seus produtos. Isto seria revolucionário. Isto seria uma Autoeuropa elevada ao cubo. Isto representaria emprego para minha gente durante, vá, uma geração.”

Expresso, 8 de outubro de 2011

Portugal só pode esperar cumprir o seu verdadeiro desígnio de fundar uma União Lusófona se primeiro se refundar. Acreditamos que o futuro do país, a longo prazo, passa pela fundação de uma união política e económica com os outros países e nações de fala lusófona. Mas Portugal não pode caminhar para esse futuro da mesma forma como caminhou para a União Europeu/CEE: de mão estendida e pedindo dinheiro a troca da destruição do seu setor produtivo e da tercialização da sua economia.

Portugal só pode alavancar uma nova fase na sua vida enquanto entidade nacional se primeiro se reorganizar e refundar. Todos os princípios, fins e meios que serviram de alicerce ao desenvolvimento de Portugal terão que ser reavaliados por forma a recriar condições para uma recuperação do setor produtivo português. Ora nesta recuperação, o papel do setor primário, da agricultura e, sobretudo, da Economia do Mar é absolutamente vital.

Se a Economia do Mar tem que ser central na regeneração de um pais esvaziado e empobrecido por décadas de estéril subsidiação e por uma tercialização deslocalizada e assassina, então, nela, o papel dos portos tem que ser crucial. Será através de portos modernos e bem equipados que o país vai manter comunicações com o Mar Português e explorar os recursos que ele encerra. Será pelo melhor porto de aguas profundas da Europa, em Sines, ligado a uma rede de transportes de mercadorias de alta velocidade que se abrirão novas janelas de desenvolvimento e crescimento económico.

Categories: Economia, Política Nacional, Portugal | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: