tQuids S1: Portugal: Os Números, Maria João Valente Rosa e Paulo Chitas

1. Esta frase “evolui-se de 3,2 filhos por mulher, em 1960, para 1,4 filhos por mulher em 2008” surge neste livro?
2. Quantos, em cada 3 jovens (entre os 18 e os 24 anos) não estão a estudar e deixaram assim por alcançar o ensino secundário em 2009?
3. Em 1990 havia 6 mil pensionistas com menos de 60 anos. Quantos havia em 2008?

Regras para TxtQuids
1. Os TQuids são publicados entre as 2100 e as 2400 de segunda a sexta
2. Os TQuids incluirão sempre três perguntas sobre um livro (romance, ensaio, álbum de BD ou obra de referência.
3. As fontes do TQuids poderao ser reutilizadas, ainda que a tendência seja usar sempre fontes novas
4. As respostas poderão – ou não – estar presentes na Internet
5. Ganha o quideiro que primeiro acertar nas três respostas ou aquele que antes das 1300 do dia seguinte tiver acertado em mais respostas.
6. Cada TQuid vale um ponto
7. Pontualmente (e aleatoriamente) serão publicados ExtraQuids, valendo três pontos cada
8. Serão sempre usados como fontes edições portuguesas.

Anúncios
Categories: tQuids S1 | 6 comentários

Navegação de artigos

6 thoughts on “tQuids S1: Portugal: Os Números, Maria João Valente Rosa e Paulo Chitas

  1. DeusPerdoa dos Scuts Sem peage

    boz fextas, sor Ruy…

    life goes on ohbladi ohbladah…

    But IT sucks THE BIG ONE!!!

    God Bless!

  2. wehavekaosinthegarden

    Sei que os tempos não estão para grandes optimismos mas o futuro pode estar nas nossas mãos se soubermos exercer os poucos direitos que ainda nos restam. Aqui deixo o meu desejo de um 2012 tão bom quanto o possível.
    Kaos
    Wehavekaosinthegarden.blogspot.com

  3. Aprojec

    1. Sim.
    2. 1 em cada 3.
    3. Cerca de 43 mil.

  4. Aprojec, as respostas serão…
    1. sim
    2. 1 em 3
    3. 43 mil
    Logo, sim, mais um Ponto!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: