E se o F-35 fosse cancelado?…

Os custos, atrasos e confusões decorrentes da turbulenta continuação do Programa F-35 nos EUA estão a levar alguns norte-americanos a colocar em causa a sua continuação.

Atualmente, o F-35 é o mais dispendioso programa de armamento em curso nos EUA, ambicionando substituir de uma só assentada três aparelhos diferentes e servindo também uma serie de parceiros internacionais.

Mas existem fortes constrangimentos orçamentais nos EUA e o orçamento de defesa é um dos maiores alvos desses cortes. Não é possível assim que o maior programa do Pentágono escape imune a esses gigantescos cortes que se esperam para os próximos dez anos. De facto, é a própria sobrevivência do F-35 que está hoje ameaçada.

Muitos acreditam que as necessidades de curto e médio prazo podem ser satisfeitas com novos programas de atualização dos F-16 e F-18 hoje em uso operacional nos EUA. Mas um cancelamento do programa seria fatal para as marinhas britânica e italiana que dependem do aparelho par armar os seus futuros porta-aviões. O fabricante, a Lockheed Martin ficaria em graves dificuldades financeiras, num contexto de recessão global, o que poderia ditar a sua falência. De permeio, o despedimento de dezenas de milhar de operários especializados nos EUA agravaria ainda mais a crise económica norte-americana…

O termo do programa F-35 deixaria contudo um problema de longo prazo… o que serviria de espinha dorsal para os vários ramos da força aérea dos EUA quando o envelhecimento das células dos F-16 e dos F-18 fosse de tal modo grande que estes tivessem que ser retirados ao inventário? Recuperar então todo o trabalho de desenvolvimento do F-35 seria ainda mais caro e ineficiente e lançar pela raiz um novo programa, daqui a 10 ou 20 anos, seria ainda mais dispendioso… de permeio, os EUA estariam constrangidos a operar durante 10 ou 20 anos aparelhos obsoletos quando comparados com os aviões Stealth que agora se ultimam na Rússia, China e Japão…

Fonte:
http://www.dodbuzz.com/2011/11/30/thinking-the-unthinkable-about-the-f-35/#ixzz1fHMXi9Yx

Categories: DefenseNewsPt, Política Internacional | Etiquetas: , | 10 comentários

Navegação de artigos

10 thoughts on “E se o F-35 fosse cancelado?…

  1. É como um aborto aos 8 meses de gestação.

    • Pois… Que nasceu cedo demais (antes do projeto estar suficientemente amadurecido)… E onde nao houve controlo de custos, logo no começo do projeto. Agora é tarde demais. Ou se esquece tudo e se comeca de raiz ou se deixa crescer ainda mais o monstro.
      Se nao tivesse sido ja gasto aqui tanto dinheiro, o ideal era comecar a trabalhar num novo projeto e no entretanto ir fazendo upgrades aos avioes atuais.

  2. Outra boa noticia que por alguma razão vai para a sessão temas ignorados, pela mídia convencional por razoes desconhecidas ou não, bom trabalho Clavis esse programa F-35 consegui a façanha nada honrosa, diga-se de passagem, de ser uma novela muito pior que a brasileira “programa FX”, mas eu tenho que confessar que eu ate que gosto de ver esses yankes tendo esses problemas eles bem que os merecem, acho que não sou o único a pensar assim não é?

    E esse cancelamento esta se tornando cada vez uma opção mais solida, vamos ver no que isso vai dar.

    • é outro campeonato… O vosso programa depende apenas de dinheiro e de vontade politica. Os problemas do F-35 radicam mais numa nitida perda de capacidade tecnica que é muito mais profunda e preocupante (para os EUA).

  3. Comparar o programa de desenvolvimento do F-35 com simples compra de 36 caças para o programa e “telenovela” FX é no mínimo ridiculo… E não digo pior por respeito ao Clavis.

    Se é bom que os EUA tenham estes problemas? É bom que a China tenha o domínio do Indico e Pacifico? Que tenha acesso à tecnologia RQ-170?
    Só depende a quem chamamos de aliados ou “países amigos”. Nisto o Brasil anda a dormir em más companhias à algum tempo.

    • Sem falar nos lacos com o Paquistao sobre a tecnologia de misseis ar-ar, que dao a este pais islamico (e nao longe de se tornar num imenso afeganistao taliba) tecnologia muito perigosa…

  4. jose hugo

    O Brasil está mergulhado em denúncias de corrupção diárias através do governo do PT, a compra dos caças é de extrema importância para o país, mas para este governo petista o importante é saquear os cofres públicos. Anteriormente já mostrei esta triste situação, de um país que quer assento no Conselho de Segurança: 219 caças (72 em condições de vôo), 5 submarinos (só 2 estão operando), 23 jatos da marinha (nenhum em condições de vôo), 1 porta-aviões (sem aviões), 1.610 veículos blindados (982 em operação, alguns com 30 anos de uso), 100 navios de guerra (52 operando, os mais novos com 20 anos de uso) e 174 aviões de transporte (67 operando). Este é o Brasil atual, uma vergonha, pois estão mais preocupados em engordar suas contas nos paraísos fiscais através da corrupção que assola o país.

    • Sim, essa situacao é grave e o Brasil apenas a pode sustentar porque tem a sorte de viver num subcontinente pacifico e entre bons vizinhos… Imagine-se estivesse situado no Medio Oriente ou no Norte de África!
      Mas por cá, gostaria de saber quantas horas de mar estao a ter os novos submarinos AIP da marinha portuguesa…

  5. Edmar

    Um avião caro.
    O Dassault Rafale é bimotor e mais barato e agil que o caro F-35.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

<span>%d</span> bloggers like this: