Daily Archives: 2011/12/11

E se o F-35 fosse cancelado?…

Os custos, atrasos e confusões decorrentes da turbulenta continuação do Programa F-35 nos EUA estão a levar alguns norte-americanos a colocar em causa a sua continuação.

Atualmente, o F-35 é o mais dispendioso programa de armamento em curso nos EUA, ambicionando substituir de uma só assentada três aparelhos diferentes e servindo também uma serie de parceiros internacionais.

Mas existem fortes constrangimentos orçamentais nos EUA e o orçamento de defesa é um dos maiores alvos desses cortes. Não é possível assim que o maior programa do Pentágono escape imune a esses gigantescos cortes que se esperam para os próximos dez anos. De facto, é a própria sobrevivência do F-35 que está hoje ameaçada.

Muitos acreditam que as necessidades de curto e médio prazo podem ser satisfeitas com novos programas de atualização dos F-16 e F-18 hoje em uso operacional nos EUA. Mas um cancelamento do programa seria fatal para as marinhas britânica e italiana que dependem do aparelho par armar os seus futuros porta-aviões. O fabricante, a Lockheed Martin ficaria em graves dificuldades financeiras, num contexto de recessão global, o que poderia ditar a sua falência. De permeio, o despedimento de dezenas de milhar de operários especializados nos EUA agravaria ainda mais a crise económica norte-americana…

O termo do programa F-35 deixaria contudo um problema de longo prazo… o que serviria de espinha dorsal para os vários ramos da força aérea dos EUA quando o envelhecimento das células dos F-16 e dos F-18 fosse de tal modo grande que estes tivessem que ser retirados ao inventário? Recuperar então todo o trabalho de desenvolvimento do F-35 seria ainda mais caro e ineficiente e lançar pela raiz um novo programa, daqui a 10 ou 20 anos, seria ainda mais dispendioso… de permeio, os EUA estariam constrangidos a operar durante 10 ou 20 anos aparelhos obsoletos quando comparados com os aviões Stealth que agora se ultimam na Rússia, China e Japão…

Fonte:
http://www.dodbuzz.com/2011/11/30/thinking-the-unthinkable-about-the-f-35/#ixzz1fHMXi9Yx

Anúncios
Categories: DefenseNewsPt, Política Internacional | Etiquetas: , | 10 comentários

Agostinho da Silva: “O parlamentarismo inglês (é) totalmente inadequado ao País”

Agostinho da Silva (http://www.prof2000.pt)

Agostinho da Silva (http://www.prof2000.pt)

“O parlamentarismo inglês (é) totalmente inadequado ao País. Assim como a tragédia de Portugal, ao dar-se o choque com as correntes de Renascimento que vinham de Itália e de Alemanha, foi a de ter de abandonar o seu sistema peculiar de descentralização concelhia, o que lhe acontece agora, quando se trata de reestabelecer uma liberdade cara, indispensável aos portugueses e que tanto tinha sido restringida por todo o período absolutista, é uma segunda tragédia.”
Agostinho da Silva, Reflexões

E contudo é precisamente com o tipo de parlamentarismo inglês com que acabámos por ficar… e sem a descentralização municipalista que foi uma das principais responsáveis pelo dinamismo da sociedade portuguesa quinhentista que sustentou a guerra de Reconquista e o processo da Expansão ultramarina.

Portugal precisa de rever o tipo de construção democrática que hoje o rege. Está fora de dúvida que existe hoje uma separação entre Eleitos e Eleitores, uma distancia que tem sido aproveitada e estimulada por todo uma serie de grupos de interesse, corporações e lobbies para tornar os Eleitos em fieis ecos dos seus interesses, atirando areia e desinformação para os olhos dos cidadãos. Há que realizar uma reforma profunda do sistema democrático que restaure essa ligação eleito-eleitor e que permita a aparição de uma Sociedade Civil verdadeiramente ativa e interventiva.

A reforma do Parlamentarismo deve assim ser conduzida mantendo em perspetiva o aumento das expressores ativas de cidadania e da participação dos cidadãos na vida das suas comunidades. Todas as formas de realizar esta revolução devem ser ensaiadas: municipalismo, participação das associações e movimentos cívicos nas decisões democráticas, referendos e eleições eletrónicas que introduzam na democracia formas de democracia participativa, eleições em círculos uninomais e a reintrodução de um Senado (sistema bicameral) com senadores eleitos entre personalidades especialmente notáveis ou prestigiadas, todas são formas de reforma de um Parlamentarismo esgotado e que se deixou enredar pelos grandes interesses sendo hoje pouco mais que um eco para as suas aspirações.

Categories: Uncategorized | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade