Cabo Verde quer ver constituída uma “Força Lusófona de Manutenção de Paz”

Exercícios Felino (http://www.presidencia.pt)

Exercícios Felino (http://www.presidencia.pt)

Lembrando uma das mais antigas posições públicas do MIL, Cabo Verde veio recentemente declarar que desejava ver fundada no seio da CPLP uma “Força lusófona de manutenção de paz“. O país lusófono vai levar o assunto à 13ª reunião dos ministros da Defesa dos países da CPLP na Ilha do Sal.

O ministro da Defesa cabo-verdiano, Jorge Tolentino, reconhece que existem dificuldades “institucionais e constitucionais” em alguns dos países que dificultarão a materialização de tal projeto, mas as vantagens da constituição de tal força são notórias: as poupanças resultantes do fim da duplicação de meios claras; os benefícios de dissuasão advindos da formação de uma força multinacional permanente são notáveis. Igualmente notáveis seriam as poupanças que resultariam da criação de uma “central de compras” de armamento comum aos países da CPLP ou do desenvolvimento e produção conjunta de equipamentos militares.

Fonte:
http://aeiou.expresso.pt/cplp-cabo-verde-quer-forca-militar-conjunta=f690603#ixzz1eu6qFiZL

Categories: DefenseNewsPt, Defesa Nacional, Lusofonia, Política Internacional, Política Nacional, Portugal | Etiquetas: | 4 comentários

Navegação de artigos

4 thoughts on “Cabo Verde quer ver constituída uma “Força Lusófona de Manutenção de Paz”

  1. Tudo de bom p os membros do quintus. E seria mt boa à existência desta força unicamente Lisófona. incluindo , principlmente o BRASIL. E p ontem.Sds.

  2. Joaquim.R.Ferreira

    A notícia é boa. É um caminho a fazer e que é desejável. A comunidade necessita de dar passos em frente de forma a consolidar a ideia de União sem complexos, mas sempre na base de igualdade e responsabilidade.

    • Mais ainda é muito embrionária… é preciso que passe à prática e que deixe o estrito âmbito “humanitário”, para cobrir também ações policiais (em momentos e locais de crise, substituindo a “polícia da ONU”) e militares (por exemplo, patrulhando as águas de Moçambique contra a pirataria somali e as da Guiné, contra o narcotráfico)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

<span>%d</span> bloggers like this: