As “Experiências de Quase Morte” terão explicação científica?…

As ditas “experiências de quase morte (“Near-death experiences”) receberam recentemente uma importante clarificação científica: as suas caraterísticas comuns aos vários indivíduos que as descrevem: uma sensação de “estar morto”, de se sentir “fora do corpo”, uma viagem para uma “luz brilhante” a caminho de uma existência “cheia de amor” podem ter – além da explicação mística – uma explicação científica e clínica.

A descrição de “experiências de quase morte” (EQM) não é tão rara como se poderia crer. Não há estatísticas conhecidas em Portugal, mas nos EUA estima-se que pelo menos 3% da população já as experimentou. E, de facto, o mesmo fenómeno, com o mesmo tipo de descrições ocorre ao longo da História e transversalmente em várias culturas e religiões.

Curiosamente, nem sempre as EQM ocorrem em condições de risco de vida… Um estudo recente, por exemplo, indicava que em 58 sujeitos que as tinham narrado, 30 não tinham estado de facto em risco de vida.

Um estudo do “Medical Research Council Cognition and Brain Sciences Unit” da Universidade de Cambridge e de uma equipa da Universidade de Cambridge expôs a coincidência de sensação de “estar morto” com uma conhecida condição clínica, que ocorre em alguns doentes de tifoide ou esclerose múltipla e que têm danos em regiões do cérebro que estão ligadas aos processos de consciência e que estão geralmente ligadas à esquizofrenia patológica.

Experiências de “fora do corpo” são comuns, por sua vez, quando o sono é interrompido subitamente pouco depois de adormecer. Outro fenómeno, a “paralisia do sono” ocorre em 40% da população pelo menos uma vez na vida e em algumas circunstâncias é acompanhada pela sensação de “estar fora do corpo”. Uma experiência mais antiga, de 2005, conseguiu reproduzir a sensação de “estar fora do corpo” pela estimulação artificial da junção tempo-parietal direita do cérebro.

Outra explicação clínica para as experiências EQM pode ser também encontrada nos doentes de Parkinson que relatam frequentemente visões de “fantasmas” ou “monstros”, segundo se crê, em consequência do funcionamento anormal da dopamina no cérebro. Se este ocorrer em indivíduos mais jovens ou saudáveis, então as visões das EQM poderão ter assim esta explicação.

O anestésico Quetamina tem também conhecido nos últimos anos uma sucessão de relatos de EQM na forma de estados de euforia, experiências de “fora do corpo” e alucinações.

Será que assim todos os numerosos relatos de EQM tem uma explicação científica?…

Fonte:
http://www.scientificamerican.com/article.cfm?id=peace-of-mind-near-death

Categories: Ciência e Tecnologia, Mitos e Mistérios, Saúde | 4 comentários

Navegação de artigos

4 thoughts on “As “Experiências de Quase Morte” terão explicação científica?…

  1. E falando de coisas que não tem explicação cientifica aparente aqui vai mais uma:

    http://evelyntorrence.com/byme/castle/index.html

  2. Jose Mario HRP

    Caso alguém creia em Espiritismo e queira melhores explicações sobre o tema é só procurar sobre Allan Kardec, espiritismo, reencarnação, perispirito, mediunidade.

  3. Odin

    Experiência Quase-Morte é, a meu ver, projeção astral, aquela experiência típica do Tântra e do Yôga de sair do corpo e ir para o plano astral. Na Bíblia, o fenômeno é chamado de “arrebatamento de espírito”. Algumas pessoas fazem acidentalmente durante o sono ou em coma. No Budismo, você nunca teve essa experiência?

    • E a que os gregos chamavam de “enthusiasmo” o que viria a dar na nossa palavra portuguesa…
      Nope. Eu nao. Nunca foi bom nessas praticas: ‘e o resultado de um hipercriticismo cronico e de um turbilhao mental permanente, penso eu de que! 🙂

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

<span>%d</span> bloggers like this: