Luciano Amaral: “A partir de 1986, a agricultura portuguesa sentiu uma série de choques negativos”

“A partir de 1986, a agricultura portuguesa sentiu uma série de choques negativos, que apenas foram mitigados graças a um regime transitório alargado, de dez anos. Mas a partir de 1996 a PAC passou a ser plenamente aplicada. Ora, a PAC é um sistema desenhado para beneficar sobretudo os produtores agrícolas dos países centrais da União, não sendo muito favorável aos produtos típicos portugueses. Em suma, estes 30 anos de políticas hostis à agricultura portuguesa tradicional conduziram por um lado, ao definhamento do setor e, por outro, à manutenção de baixos valores de produtividade.”

Economia Portuguesa, As últimas décadas
Luciano Amaral

Esta foi a estratégia europeia: destruir o tecido produtivo português, tercializando a nossa economia e tornando o país dependente em 70% de alimentos produzidos na Europa. Os défices comerciais crescentes foram sendo disfarçados recorrendo a doses massivas de crédito, mas quando esta torneira secou, a partir de 2008, a insustentabilidade da situação económica do país tornou-se evidente a todos.

Portugal tem que assumir como desígnio estratégico fundamental a independência alimentar. Não temos recursos para subsidiar as pescas ou a agricultura e a Europa está mais interessada em subsidiar Espanha, França, a Holanda ou a Alemanha, pelo que não podemos contar com ela, mesmo se permanecermos na União Europeia… Restam assim as barreiras alfandegárias.

Categories: Agricultura, Economia, Política Nacional, Portugal | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

<span>%d</span> bloggers like this: