Daily Archives: 2011/09/27

Vítor Bento: “O crescente distanciamento da realidade tangivel que acompanhou, e em que assentou, o explosivo crescimento do sistema financeiro”

Era para colocar aqui a foto do Vítor Bento, mas acho que a Rita Andrade fica melhor... (http://img819.imageshack.us)

Era para colocar aqui a foto do Vítor Bento, mas acho que a Rita Andrade fica melhor... (http://img819.imageshack.us)

“O crescente distanciamento da realidade tangível que acompanhou, e em que assentou, o explosivo crescimento do sistema financeiro”

> durante a virtualização da economia realizada de forma massiva desde 1990 o fosso entre a economia real e a virtual, constituída por produtos financeiros cada vez mais complexos e incompreensíveis (até aos especialistas e, sobretudo, aos reguladores) aprofundou-se. Num dado momento, antes de 2008, estimava-se que todos os Derivados em circulação no mundo excediam 14 vezes o PIB mundial. Dizia-se também que num único dia circulava virtualmente – em transações na Internet – um valor equivalente ao PIB anual alemão. Obviamente, tal bolha teria que estourar, como sempre aconteceu. Isso de facto veio a suceder, em 2008, com reflexos ainda hoje e criando as bases para a recessão “double dip” que hoje enfrentamos.

“O que aconteceu ao longo das últimas décadas foi, por um lado, um crescente desvio, para fins não produtivos, dos fundos disponibilizados pelo setor. E, por outro lado, um desmesurado crescimento do stock dos ativos financeiros, através de um processo de multiplicação de direitos de saque sem qualquer sustentação na realidade sobre a qual são sacáveis.”

> Quando a partir da década de 1990, devido à intensa desregulamentação do setor financeiro, os lucros dos investimentos especulativos começaram a subir de forma exponencial, imensas correntes de Capital foram desviadas da economia real, do financiamento reprodutivo que gera Bens, Riqueza e Emprego para a economia de casino das Bolsas e dos Fundos. As consequências foram globais e explicam hoje o estado de desindustrialização a favor da China em que está hoje o Ocidente.

“Criando – por meio do que se tornou conhecido como “derivados financeiros” – direitos de saque sobre os direitos de saque diretamente criados sobre a produção, constitui-se uma pirâmide invertida de direitos de saque, indiretos e encadeados uns nos outros, tendo por base a mesma realidade sobre a qual, em última instância, todos são sacáveis, e cujo valor é apenas sustentado por um enorme ato de fé. Inflacionou-se, deste modo, a perceção da riqueza, baseando nessa perceção uma cadeia de decisões económicas.”

> O Capital virtualizou-se, tornou-se cada vez mais abstrato e impermeável à compreensão, até dos próprios investidores e daqueles que construíram os próprios “pacotes de derivados”. Esta economia incompreensível e críptica soube recrutar os melhores matemáticos do mundo para se blindar em constructos matemáticos muito densos e que serviram para justificar crescimentos artificiais e sempre crescentes. Esta “economia de casino” cresceu de forma imparável devido às sucessivas desregulações impostas ao mundo desde 1990 e sorveu cada vez menos Capital à Economia Real, que tendo cada vez menos Capital disponível, passou a gerar cada vez menos rendimentos e emprego. Em consequência, o setor financeiro tornou-se no principal negócio de muitos países ocidentais e as deslocalizações tornaram-se regra, com os resultados estão hoje à vista de todos: défices orçamentais, dívida externa e desemprego crónico.

Fonte:
Economia, Moral e Política
Vítor Bento

Categories: Economia, Política Nacional, Portugal | 19 comentários

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade