O Japão ambiciona ter até 2030 um satélite solar

O Japão está a iniciar um ambicioso projeto de produção de energia elétrica a partir do Espaço. O projeto começou em 2009 e tem um orçamento de 21 mil milhões de dólares e tem como objetivo captar energia solar em órbita transmitindo-a depois para o solo, onde será consumida.

O primeiro objetivo será o lançamento de um grande satélite com 4 km2 de painéis solares, de alto rendimento e otimizados pela presença acima da atmosfera terrestre. O satélite transformará a energia solar em micro-ondas, transmitindo-as para estações no solo, onde serão convertidas em energia elétrica.  O projeto estima que a energia elétrica fornecida pelo satélite solar (que me faz lembrar alguns episódios de “Conan, o Rapaz do Futuro”…) será capaz de suprir as necessidades de mais de 300 mil lares nipónicos. Um satélite solar permitiria resolver um dos grandes problemas da energia solar terrestre, já que é imune a nebulosidade ou à chuva, permitindo ao Japão reduzir a sua dependência das importações de combustíveis fósseis.

O primeiro satélite experimental, de pequena escala, será lançado em 2015 e terá como missão a recolha de elementos que possam permitir o prosseguimento do projeto até ao lançamento de um grande satélite solar até 2030.

Fonte:
http://www.tecnologiadoglobo.com/2011/07/electricidade-vinda-do-espaco/

Categories: Economia, Educação, SpaceNewsPt | Etiquetas: | 2 comentários

Navegação de artigos

2 thoughts on “O Japão ambiciona ter até 2030 um satélite solar

  1. Deve servir pro Japão e pra Alemanha, ávidos em desligar suas usinas nucleares. Porém, essa alternativa oferece menos riscos para a população? Como essas micro-ondas afetam a saúde do ser humano? Mesmo q o alvo do feixe seja uma área isolada, não é impossível o satélite ser desviado ou abatido por lixo espacial. Penso q é mais cômodo testar um protótipo no deserto australiano, Saara ou mesmo uma ilhota remota do Oceano Pacífico.

    • Sim, ha a preocupacao de saber o que acontece ao que passar pelo feixe de micro-ondas… ‘E relativamente facil afastar populacoes e voos comerciais dessa regiao, mas os passaros nao terao essa hipotese…
      De qualquer forma, ‘e uma questao de mal menor: muito mais passaros acabarao por morrer se o Aquecimento Global nao for travado e se as suas zonas de nidificacao forem inundadas pelas aguas dos mares em continua expansao.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

<span>%d</span> bloggers like this: