Daily Archives: 2011/09/18

A Guerra Civil na Líbia e consequências para o programa de modernização das forças armadas sírias

Guerra civil na Líbia (http://i.huffpost.com)

Guerra civil na Líbia (http://i.huffpost.com)

Agora que a guerra civil na Líbia está a caminho de uma resolução e que a importância dos ataques aéreos da França e do Reino Unido (não confundir com a NATO) mostraram a importância dos meios aéreos para reverter uma situação militar desfavorável, a Síria está a tentar reforçar a sua defesa aérea.

A Síria contactou o seu grande aliado e defensor no Conselho de Segurança da ONU, a Rússia, para que esta lhe vendesse mísseis anti-aéreos S-300 Favorit (considerados por muitos como o melhor sistema de defesa aérea da atualidade), para além de Terra-Ar Buk de médio alcance e sistemas Tor, de curto raio de ação.

Nos últimos anos, a Síria adquiriu caças MiG-29M e sistemas anti-aéreos Pantsir S1E e Buk-M2E. Tem também em curso negociações para a aquisição de aviões MiG-29SMT, treinadores Yak-130 e mísseis táticos Iskander, para além de dois submarinos Amur 1650. Brevemente irá também entregar mísseis anti-navio SS-N-36 à Síria.

Este cenário mostra bem o interesse russo em apoiar o regime de Assad e em calar a repressão violenta que este exerce contra o seu próprio povo… Um interesse que se torna agora particularmente gritante já que a Líbia deixou de ser um cliente russo e que o Irão ainda está sob embargo, o que torna a Síria ainda mais importante para as exportações russas.

Fonte:
http://www.defencetalk.com/syria-may-buy-more-russian-air-defense-systems-36961/#ixzz1XpYuh400

Categories: DefenseNewsPt | Etiquetas: , | 6 comentários

Tiago Pitta e Cunha: “O setor do pescado e da alimentação não pode deixar de ser visto como um setor de futuro num país que é o terceiro maior consumidor de peixe do mundo, depois do Japão e da Islândia”

http://www.livrarialeitura.pt

livrarialeitura.pt

“O setor do pescado e da alimentação não pode deixar de ser visto como um setor de futuro num país que é o terceiro maior consumidor de peixe do mundo, depois do Japão e da Islândia. O grande défice da nossa balança comercial de pescado espelha a diferença entre o que consumimos e o que importamos (mais de dois terços do pescado consumido em Portugal é importado). Este facto indica que, se não for possível aumentar consistentemente as capturas, como parece ser o caso, então haverá espaço para se produzir pescado, através da aquicultura”.

Portugal e o Mar
Tiago Pitta e Cunha

Portugal importa cerca de 70% de todos os alimentos que consome. E no que respeita ao Pescado, a percentagem ainda é maior, o que é verdadeiramente escandaloso num país que tem a maior Zona Marítima da Europa (18 vezes maior que o território continental). Ora é precisamente no Pescado, ainda mais do que na agricultura, que o país deve investir.

O espaço hoje preenchido pelas frotas de arrastões franceses e espanhóis que saqueiam as nossas águas buscando as “quotas” que uma parcial Comissão Europeia lhes atribuiu nas nossas próprias águas, tem que ser ocupado pelas nossas próprias frotas. O setor das pescas, destruído no Cavaquismo e trocado por suspeitosíssimos “subsídios europeus para a renovação da frota” tem que ser reconstruido e assumir a missão patriótica de abastecer o nosso próprio país. Os arrastões espanhóis devem ser expulsos das nossas águas e se a CE se opuser, deve ser ignorada.

Categories: Economia, Europa e União Europeia, Política Internacional, Política Nacional, Portugal | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade