Super Hornet: o Vencedor do F-X2?…

Super Hornet, o vencedor do F-X2? (http://www.military-today.com)

Super Hornet, o vencedor do F-X2? (http://www.military-today.com)

A empresa norte-americana Boeing está a aumentar a sua pressão para ganhar o contrato brasileiro F-X2. A Boeing parece partir de um patamar inferior aos seus concorrentes Saab e Dassault devido à preferência que a anterior Presidência Lula tinha pelo caça francês e ao facto de Dilma Rousseff parecer inicialmente inclinada a seguir essa escolha.

A vantagem francesa tem vindo, contudo, a esbater-se… Dilma parece muito ciosa de deixar passar a imagem que é independente de Lula e nas últimas reestruturações do seu governo acabou afastando pessoas que estavam ligadas aos círculos do anterior presidente, nomeadamente o antigo ministro da Defesa, Nelson Jobim, talvez o maior defensor do Rafale no Brasil.

A decisão final foi adiada para 2012 e isto favorece a causa da Boeing que assim terá mais tempo para anular a vantagem da Dassault, no ponto onde a sua proposta é mais frágil: a transferência de tecnologia.

A proposta da Boeing é o F/A-18E/F Super Hornet, e brevemente a empresa vai instalar um simulador em Brasília no edifício do Congresso como forma de mostrar as capacidades do seu aparelho aos legisladores e decisores brasileiros. A empresa enviará também técnicos seus para uma audição pública no Senado em que o tema será precisamente “a capacidade do Super Hornet para responder aos requisitos da Força Aérea Brasileira”.

O Super Hornet está hoje em serviço na Marinha americana e na Austrália e na comparação com o Saab Gripen NG e o Dassault Rafale tem estado claramente numa segunda linha, mas desde a visita de Obama ao Brasil que essa distância se tem vindo a atenuar, sobretudo por fatores mais políticos do que técnicos, estando hoje a opção Super Hornet pelo menos com tantas probabilidades de vencer com o Gripen.

Fonte:
http://www.spacewar.com/reports/Boeing_ratchets_up_Brazil_jet_campaign_999.html

Anúncios
Categories: DefenseNewsPt, Política Internacional | Etiquetas: | 38 comentários

Navegação de artigos

38 thoughts on “Super Hornet: o Vencedor do F-X2?…

  1. riquepqd

    Este assunto me entristece… Tá pior que novela mexicana, nun chega ao capítulo final!

    politicamente eu gosto do Gripen NG, sua origem é como a própria fabricante se define, em uma nação “não alinhada”, e além disto é o que eu acredito que teria a maior transferência de tecnologia, porque este avião não está “acabado”, seria desenvolvido no Brasil em parceria com a Embraer, mas por ter apenas uma turbina, torna seu emprego vulnerável em um país tão grande como o nosso.

    Já o Rafale é o que au acho ter o melhor desempenho, e a França quer a todo custo importar de vez este avião pra alguém, para que outros se interessem, e por isso vai transferir a tecnologia, mas o preço é o mais alto, parece que com um Rafale se compra quase dois Gripens.

    Já o Super Hornet não acho tecnicamente comparavel aos outros, e além disto a Boeing não vai transferir toda a tecnologia como promete, há uma lei americana que impede, e além disto, não transferiu toda a tecnologia para a Índia que é mais “alinhada” aos EUA, imagine se vai transferir ao Brasil, até impediu os ucranianos de nos passarem tecnologia espacial, eles não querem um Brasil poderoso militarmente.

    Porque quando não houverem mais árabes ou comunistas pra se preocupar, e quando se esgotarem os recursos naturais do mundo, voltam os olhos pra Amazônia, por isso penso que não interessa a eles que o Brasil se arme.

    E ainda por cima, um relatório do Pentágono com projeções sobre o futuro e suas possiveis implicações para os EUA apontou que até 2030 o Brasil será uma grande potência militar, comparada à China, Rússia e EUA. Ora se este relatório é sobre as possiveis implicações futuras aos EUA, e o Brasil potência militar está nele, então significa que eles acham que um Brasil militarizado como eles será ruim, Porque será? Que guerras tivemos contra eles? Pelo contrário, lutamos ao lado dos Aliados na 2º Grande Guerra.

    Por isso ninguém tira da minha cabeça que eles preparam no futuro um ataque à Amazônia. Morte ao yanques! Será um novo Vietnã!

    Alguém sabe qual é o nº total de aeronaves a ser adquirida após as 36 primeiras? Parece que o segundo lote já será construído no Brasil.

    OBS: A Brigada Paraquedista deve ter feito uma lavagem cerebral em mim, lá vem eu de novo com este assunto de Amazônia. Vamos parar po aqui.

    • Penso que se fala em 120 aparelhos, apos o lote inicial. O gripen tem tambem mais uma limitacao que ‘e o do alcance e o facto de ter muita tecnologia made in usa, que poderia tambem ser embargada por estes em eventuais reexportacoes, como fizeram quando Chavez quis comprar Tucanos, creio…

      • Riquepqd

        CP,

        Por isso o Brasil (e Portugal também) tem que ser auto-suficiente em equipamentos militares, no quesito armamento e equipamento individual já somos, construímos fuzis, lança-rojões, granadas, pistolas, óculos de visão noturna, lunetas, munições de todos os calibres e etc, mas precisamos avançar mais.

        No quesito veículos, no passado estivemos melhor, com o carro de combate Osório sendo um dos, para não dizer o melhor do mundo, mas infelizmente, até então não tinhamos uma politica séria de compras pro setor, e com isso perdemos este grande patrimonio.

        Mas pelo menos ainda sabemos fazer blindados médios, como os Cascavel e Urutu, e agora, teremos o Guarani, um dos melhores de sua categoria, e com tecnologia e projeto brasileiro, será construido pela Italiana Iveco, que venceu uma licitação e vai industrializar o projeto, mas em caso de guerra, poderia ser construido por uma empresa brasileira.

        Já no campo naval, atualmente construímos submarinos e navios de guerra de pequeno e médio tamanho, mas acho que precisaríamos dominar a construção de todos os meios navais, devido as riquezas recentemente descobertas em nossa amazônia azul, mas pelos menos entraremos em breve no seleto grupo de países construtores de submarinos nucleares.

        E no campo de aeronaves de asas fixas, acho que a única coisa que nos falta é saber fazer um caça de ultima geração, espero que com o FX-2 este problema termine.

        Já no quesito helicópteros, o contrato com os franceses para construção no Brasil de um grande helicóptero de transporte foi espetacular, ganharemos grande independencia nisto, mas ainda falta saber fazer um helicóptero de ataque.

        • O Osorio morreu por cometeram o erro de o fabricar sem que houvesse uma encomenda inicial do Estado brasileiro que assegurasse pelo menos uma reposicao parcial do investimento inicial… No caso do fx2 ha que ter o mesmo cuidado: ha agora uma inclinacao para reduzir ainda mais o numero de aparelhos, mas abaixo de um dado valor o mesmo problema do osorio, ira colocar-se ja que nao vai ficar barato montar no Brasil toda a estrutura inicial para fabricar localmente o aparelho vencedor. A menos que se opte pela montagem simples, o que penso nao ser a intencao do programa.

          • Riquepqd

            Tomara que nossos politicos tenham aprendido com os erros do passado.

  2. Odin

    Pelo amor de Deus, Dilma! Escollha o Rafale!!!

    • Nao me parece… Se todo o fx2 está a ser reequacionado e se o Rafale era o putativo vencedor, parece-me claro que ou os franceses sobem a parada ou perdem para… O super hornet (hiperativo em lobbying)

    • Odin

      CP,
      O Gripen até seria uma opção aceitável se a Saab não tivesse participação norte-americana (como eu já o disse antes).
      Nem Israel foi perdoado pelos americanos.
      http://www.defesabr.com/blog/index.php/06/07/2009/americanos-obrigam-israel-a-nao-competir-na-india-ao-lado-da-saab/
      Os americanos não vão perder a oportunidade de penalizar o Brasil se o Gripen for o escolhido em lugar do Super Hornet. Mas os franceses ainda estão livres do controle americano. A única opção viável para o Brasil é o Rafale mesmo. A não ser que os americanos realmente tenham mudado de opinião sobre o Brasil, mas é certo que eles vão ditar para quem podemos vender os caças e para quem não podemos. A França é tradicional exportadora de aviões militares para o Brasil. Enfim, a questão é saber quais os interesses que a Dilma realmente defende? Os do Brasil ou de outros?

  3. Uma diversificação das compras militares de alguns países chave têm o potência de destabilizar seriamente a indústria de defesa americana. A verba para tecnologia de ponta reduz-se, a investigação pára, a própria uniformidade táctica entre alguns aliados potenciada pelo equipamento uniforme pode ser perdida. E isto por sua vez pode ter implicações na próxima década em teatros muito tensos como o mares do Sul da China à medida que a vantagem técnica americana se vai erodindo mais depressa do que alguém pensava ser possível. É de referir também que quase nenhum país europeu te capacidade de acção real (mais que um envio simbólico) fora da Europa ou do Norte de África. Estamos á sombra do gigante quer queiramos ou não. Não faço julgamentos morais sobre nada disto, só constato algumas realidades estratégicas e possíveis consequências.

  4. juntos, com os novos porta-aviões o RU e França poderiam teoricamente formar uma força tarefa naval capaz desse tipo de projeção de poder… mas também é verdade que ambos raramente estão de acordo!
    Na verdade, os EUA são e serão ainda por muito tempo a única potencia global com esse tipo de capacidade.
    Mas… antes elas que a superpotencia que se segue, a China!

  5. Fred

    acho difícil o F18 vencer, mas esse sou eu…..

    • Ja vi coisas mais improvaveis! Quem diria ha uns meses que Kadafi seria deposto por uma revolta popular!?…
      No caso do Hornet, a pressao de lobby americana ‘e tremenda e, provavelmente, decisiva… Espero ‘e que nao venca pelas piores razoes (corrupcao).
      E que venca o Rafale, pois.

      • fada do bosque

        Ora Clavis, uma revolta popular?! Não seja ingénuo…
        A Líbia antes da NATO atacar crescia a 10,4 % ao ano, tinha uma renda per-capita de 17.000 dólares.
        Detalhe que devia matar os EUA e a União Européia de raiva!

        Eles querem é os 32 biliões de dólares do governo líbio, que estão no banco da Inglaterra, os biliões de dólares em ouro que estão nos cofres do governo líbio em Trípoli e o petróleo líbio, que desse já foi roubado um navio-tanque cheio dele e foi vendido (ninguém sabe para quem) por 130 milhões de dólares!

        COM A DESCULPA DE DEFENDER O POVO LÍBIO DO KADHAFI E INSTAURAR A “DEMOCRACIA” NA LÍBIA, BOMBARDEARAM O PAÍS CAUSANDO A DESTRUIÇÃO DAS INFRA-ESTRUTURAS, BENS MATERIAIS, MATANDO E FERINDO PESSOAS INOCENTES, DAS QUAIS MUITAS, OU A MAIORIA, PREFERIAM O SEU LÍDER.

        O RESULTADO FINAL DA INVASÃO DA LÍBIA, COMO NO IRAQUE E AFEGAQNISTÃO, SERÁ O BEM ESTAR FINANCEIRO DOS PAÍSES INVASORES!!!

        • Riquepqd

          Fadinha, e ainda acrescento que a Líbia tinha até o ataque, o IDH mais elevado de toda a Africa.

          A unica coisa que estragava na Libia, é que não era uma democracia.

        • Otus scops

          fada do bosque

          essa de 17000 dólares per capita na Líbia deixa-me a cabeça a ribombar com aquele princípio básico da estatística:
          “se eu tiver dois frangos e tu nenhum, a MÉDIA diz que ambos temos um cada um”.

          acho que os Líbios não viviam assim tão bem, embora nem tudo fosse mau.
          os negócios dos filhos de Kadhafi são um escândalo, foram décadas de despotismo, loucura, exercício de poder com humores pessoais, arrogância, pseudo-jihadismo, o ditador típico.
          sem falar dos atentados e do fomento do terrorismo.

          “eles querem é os 32 biliões de dólares do governo líbio, que estão no banco da Inglaterra, ”
          esse dinheiro esta em contas particulares da família do “dito cujo”.

          “DAS QUAIS MUITAS, OU A MAIORIA, PREFERIAM O SEU LÍDER.”
          se houvesse uma eleição digna de seu nome é que poderíamos afirmar isso ou o contrário.
          mas isto vem na senda de acontecimentos da Primavera Árabe, a NATO apenas deu apoio aéreo numa situação em que o suposto governante atirou as suas forças armadas ferozmente contra o seu povo. que raio de líder este.

          termino dizendo que o Ocidente e a NATO não dão ponto sem nó, que há interesses brutais envolvidos e haverá muita iniquidade no meio distom tudo, mas a situação era insustentável.
          Kadhafi perdeu o seu momento de ir embora.
          isto http://www.dn.pt/inicio/globo/interior.aspx?content_id=1651405&seccao=Europa&page=-1 é loucura, provocação gratuita, sabe que lhe estão a estender a mão e ele aproveita boçalmente para dizer estas coisas.
          esticou demais a corda.

          agora estou à espera do mesmo na Síria.

          • Odin

            O Kadhafi está desde 1969 no poder. Mais de 40 anos. Mas nenhum dos dois lados são “mocinhos”. São todos vilões em divergência por poder.

            • Sim! Ha muitos fundamentalistas do CNT… Mas acredito que no final, serao controlados pela maioria da populacao urbana, que nao alinha com estes radicais e ‘e a larga maioria da revolta libia…

          • So uma nota: a fortuna pessoal de Kadafi ‘e estimada em 90 mil milhoes de dolares… Espoliados ao povo libio, naturalmente, ja que nao consta que o ordenado de “ditador vitalico” seja assim tao elevado…
            Na Siria, ‘e diferente… O exercito sempre foi dos mais eficazes do mundo arabe (com excepcao apenas do jordano), esta bem comandado e equipado, ao contrario do libio, muito mal comandado, mal treinado e recheado de equipamento moderno que mal sabia usar e, sobretudo, muito mercenarizado. E muito “purgado” nas chefias, nos ultimos anos por receio de Kadafi que se revoltasse…

  6. fada do bosque

    Ora Otus… não me faça suar!.. 👿
    Kadhafi perdeu a oportunidade de se afastar?! mas veja bem que em 2009, estavam lá todos, como se pode ver aqui: http://blogda-se.blogspot.com/2009/09/mil-camelos-e-4-f-16.html.
    Quanto à Democracia e Direitos humanos, não querem assinar esta petição para a libertação da Palestina? Obrigada.

    http://www.avaaz.org/po/middle_east_peace_now/?cl=1241015637&v=10060

    • Dois Estados! ‘E a solucao que defendo para o problema palestino, com Jerusalem como cidade-livre, independente e defendida por um exercito internacional da ONU.
      Vou assinar a peticao, claro!

    • Otus scops

      fada do bosque

      não entendo a analogia entre o facto dele se afastar e um beija-mão hipócrita dos chefes-de-estado, coisa que Portugal faz com mestria (veja-se com Angola e José Eduardo dos Santos).
      a hipocrisia é lei nas relações internacionais, tal como o passar dos limites. Kahdafi fê-lo para além do razoável, apenas isso.

      essa do “…não me faça suar!” foi gira!!! 😉

  7. fada do bosque

    … E depois da Síria vai o Irão! estamos como na Idade Média… guerras santas e em nome da democracia. Aqui estão os promotores das guerras fundamentalistas.
    É nas mãos destes doentes mentais que está o mundo, infelizmente.
    http://snippits-and-slappits.blogspot.com/search?updated-max=2011-08-26T12%3A54%3A00-07%3A00&max-results=1

  8. fada do bosque

    Por falar em guerras santas, veja como isso nos irá levar à 3ª Guerra Mundial:

    http://islamic-intelligence.blogspot.com/2011/08/libya-in-talmud-theological-reasons.html

    • A Libia?… Nao o apostaria… ‘E minha convicao que esse conflito esta a encerrar-se… O mesmo nao diria da Siria, que ainda esta para durar pela maior resiliencia do regime alauita e pela qualidade do seu exercito.
      A prazo, contudo, creio que esta “primavera arabe” ira talvez contaminar mais um ou outro pais (Marrocos…) E parar por ai. Reconheco na China, por volta de 2020 (data em que tera um exercito tao capaz como qualquer potencia ocidental) essa ameaca para desencadear essa 3a Guerra… Por recursos naturais, claro! E com cenario no Mar do Sul da China ou em África, provavelmente…

        • Aqui penso que entra a logica do “mal menor”. Kadafi era um tirano assassino. O que la vira, ainda nao sei, mas tenho esperanca que seja muito melhor. A nato aqui teve um bom papel. A intervencao dos eua no Iraque foi uma asneira, pessimamente executada, mas a da nato, na Libia, cumpriu as regras do direito internacional a acredito que minimizou ao maximo as baixas colaterais.
          Sem a intervencao da nato, Kadafi teria reprimido a revolta como Assad está a fazer na Siria, sem oposicao por causa do apoio russo e chines…

          • fada do bosque

            Não pense da perspectiva de um mal menor por favor, Clavis, pense através de um prisma mais alargado e não o que os outros querm que pense… eu acredito mais numa realidade como a que está aqui narrada:

            (…) 4. Desejada por motivos abjectos, a guerra é conduzida de modo criminoso. Limito-me apenas a alguns pormenores tomados de um diário acima de qualquer suspeita. O International Herald Tribune de 26 de Agosto, num artigo de K. Fahim e R. Gladstone, relata: “Num acampamento no centro de Tripoli foram encontrados os corpos crivados de balas de mais de 30 combatente pró Kadafi. Pelo menos dois deles estavam atados com algemas de plástico e isto permite pensar que sofreram uma execução. Dentre estes mortos, cinco foram encontrados num hospital de campo; um estava numa ambulância, estendido numa maca e amarrado por um cinturão e tendo ainda uma transfusão intravenosa no braço”.

            Cartoon de Vicman. 5. Bárbara como todas as guerras coloniais, a guerra actual contra a Líbia demonstra como o imperialismo se torna cada vez mais bárbaro. No passado, foram inumeráveis as tentativas da CIA de assassinar Fidel Castro, mas estas tentativas eram efectuadas em segredo, com um sentimento de que se não é por vergonha é pelo menos de temer possíveis reacções da opinião pública internacional. Hoje, em contrapartida, assassinar Kadafi ou outros chefes de Estado não apreciados no Ocidente é um direito abertamente proclamado. O Corriere della Sera de 26 de Agosto de 2011 titula triunfalmente: “Caça a Kadafi e seus filhos, casa por casa”. Enquanto escrevo, os Tornado britânicos, aproveitando também a colaboração e informações fornecidas pela França, são utilizados para bombardear Syrte e exterminar toda a família de Kadafi(…)

            • Bem, antes do mais uma pequena correcao tecnica de um erro que está a ser repetido ad nauseam pelas tvs… Os britanicos nao estao a atacar Sirte com Tornados mas com Typhoon. Mas isso nao interessa, adiante.
              As forças dos rebeldes sao alguns (muito poucos) antigos militares pro-kadafi e maioritariamente antigos estudantes, trabalhadores e reformados. Quase nenhuns tem mais treino militar que aquele que receberam nos ultimos dois meses em Bengazi de instrutores franceses, ingleses e do Quatar. Olhe como eles se vestem, a roupa, as sandalias, a ausencia de mochilas ou cintos de carregadores com cantil e municoes. E agora compare com as imagens dos talibas no Afeganistao e no Paquistao… ‘E o dia e a noite: os primeiros sao amadores que so conseguiram chegar a Tripoli devido ao apoio dos avioes da nato, os segundos sao gente habituada a combater desde que sabem andar e que vivem num pais em guerra desde a epoca de Alexandre.
              O PCP (Avante) anda a defender o regime de Kadafi e a dizer que os membros CNT sao mercenarios estrangeiros a soldo dos imperialistas e que as forças de Kadafi defendem a paz e a liberdade… E isso irrita-me porque se critico algo no ocidente foi a forma duplice como se aproximou e namorou de um dos regimes mais tiranicos de África e agora, vejo o PCP com os seus pergaminhos de luta contra a ditadura a fazer o mesmo!

              • fada do bosque

                Eu não sou do PCP nem de Partido nenhum, tenho um pensamento socialista liberal se é que assim se pode chamar e que via nas Democracias nos países do norte da europa; a economia ao serviço do cidadão e regulada pela Lei e pela Justiça. Nada tenho a ver com a ideologia comunista. Enquanto isso acontece, o lado oposto, a Direita neoliberal brinca com a “informação” e esconde tudo o que faz aos cidadãos ,para que o possa fazer sem que os possam culpabilizar! Assim temos os dois extremos activos e a via do Meio, a que seria aceitável tem de ser depreendida do cruzar destas informações e que nunca é fiel à realidade. Qualquer interpretação tem algo de subjectivo. Quero aqui salientar que nesta altura e na conjuntura em que estamos há uma gigantesca falta de idéias e quando isso acontece, proliferam as ideologias… porque será?! Teremos de ser regidos pelo bom-senso, o que se torna difícil hoje em dia. Não me interessa o que o PCP defendeu ou defende mas quero deixar claro, que quem consolidou o perigo do regresso a certas ideologias no Ocidente, foi o capitalismo predador, ao esconder um Direito dos cidadãos, o Direito à livre e transparente informação. Hoje em dia os enviados especiais ou jornalistas de craveira, foram despedidos e caímos nas mãos de paus mandados ao seviço da facção da extrema Direita que nos manipulam a seu bel-prazer. Isto torna-se assustador, Clavis.

    • Ja Portugal… Temos dois C130 libios nas Ogma por entregar… Os rebeldes ja os pediram varias vezes, mas sempre recusámos essa entrega. Um erro, claro, que vai afetar as relacoes de Portugal com o CNT… Mais um erro de Portas.

  9. Guilherme

    É muito difícil saber o que é notícia e o que é loby, a real fonte dessas “informações” é o jornal “folha de são paulo”, conhecido “advogado” dos interesses americanos no brasil junto com outras empresas de mídia, jobim não defendeu realmente o rafale, como atesta uma conversa dele com o embaixador americano relatada pelo wikeleaks, na conversa jobim atribuia a preferência pelos franceses ao então min. das relações exteriores Celso Amorim o chamando de antiamericano, Amorim é justamente o substituto de Jobim no ministério da defesa, jobim foi demitido a pouco tempo e segundo algumas fontes já não tinha qualquer influência sobre o FX2 mesmo quando era ministro. A presidente Dilma terá a última palavra.

    • Obrigado pelas boas informacoes… Isso reacende as hipoteses do Rafale, portanto… Veremos ‘e se tal basta para contrapor a todo o peso politico que os eua estao a colocar no super hornet.

  10. luis

    Eu so quero ver, ou ficamos dependentes pro resto da vida ou vamos vamos de Rafale

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: