Daily Archives: 2011/08/09

Motins em Londres (agosto de 2011): O Princípio do Fim?

Em breve, estes motins irão acalmar. Mas as suas motivações vão persistir. Brevemente, irão ressurgir, noutras cidades, noutros locais de Londres e contaminar outros países europeus, estando aqui, França e Alemanha, na linha da Frente.

Os motivos estão aí:
1. sociedades culturalmente desintegradas
2. polícias ineptas, sem meios, sem autoridade e força para imporem a sua autoridade
3. desemprego crónico ou emprego cronicamente precário entre os jovens
4. famílias disfuncionais e pais que não são responsabilizados pelos crimes dos filhos
5. menores que cometem crimes como maiores, impunemente
6. líderes de opinião que insistem nos Direitos e omitem os Deveres de todos nós para com a sociedade
e…
7. meios de comunicação social que exultam com estas notícias e que propagam o discurso da “revolta” e da “indignação” para desculpar saques a propriedade privada, invasões de casas particulares, vandalismo e piromania pura.

Categories: Política Internacional, Sociedade | 31 comentários

Guerra Mundial Cambial em curso…

Apesar dos idiotas Trichet e Constâncio, do Banco Central Europeu continuarem obcecados com a cartilha monetarista e anti-inflacionária, um pouco por toda a mundo, todos os outros Bancos Centrais estão a começar a reagir às décadas de sub-valorização da moeda chinesa e da recente redução de valor do Dólar (através da injeção massiva de moeda).

Os bancos centrais do Japão e da Suíça já fizeram saber que vão intervir por forma a impedir a recente valorização das moedas dos seus países. Esta intervenção vai ter lugar se os rumores de que os EUA se preparam para intervir mais uma vez na sua moeda, desvalorizando-a ainda mais, se concretizarem.

Se os EUA estão – desde 2008 – em plena “guerra cambial” desvalorizando a sua moeda e tornando as suas exportações artificialmente mais competitivas, tendo sobretudo, em mira o Euro, a verdade é que a China executa impunemente uma política idêntica conseguindo assim superavits comerciais monstruosos que a tornaram na maior detentora de reservas monetárias do globo.

As grandes economias têm que se entender para concertarem entre si o valor das suas moedas. Mas a China, deve valorizar a sua moeda, e abrir portas a importações ou arrisca-se a muito curto prazo a não conseguir exportar nada para um mundo cada vez mais empobrecido. A Europa deve despertar do seu sonho dogmático e desvalorizar a sua moeda hiper-valorizada, recuperando a perdida paridade com o Dólar. E depois, talvez, o globo recupere a estabilidade cambial necessária à recuperação da economia mundial. Talvez.

Fonte:
http://www.jornaldenegocios.pt/home.php?template=SHOWNEWS_V2&id=500013

Categories: Economia, Política Internacional, Política Nacional, Portugal | 1 Comentário

Quids S23: Em que dia foi tirada esta fotografia?

1. Todos os quids valem um ponto.

2. Os Quids são lançados pela manhã. Entre as 21:00 e as 24:00 (Hora de Lisboa)

3. As pistas só serão dadas à hora de almoço (12:30-14:30) ou mais cedo, se possível. Contudo, nesse período do dia seguinte podem ser dadas várias pistas, desde que pedidas por um (qualquer) dos participantes.

4. Só há quids entre 2ª e 6ª (incluindo feriados). Salvo imprevisto…

5. Os Quids terminam quando um concorrente chegar aos 20 pontos.

6. A qualquer momento, poderão sair “QuidsExtra” de texto ou de imagens, com as mesmas regras dos demais, mas sem limite de dia ou de hora. Estes quids valerão sempre 3 pontos e correrão até que um nickname novo, num IP novo, chegue aos 100% ou se tendo passado mais de 48 horas, ao participante que recolher melhor classificação.

7. É vivamente desencorajado o uso de vários nicknames para o mesmo concorrente, já que desvirtua o espírito do jogo. Lembrem-se que o IP tudo revela…

Categories: Quids S23 | 2 comentários

Sobre o agravamento dos juros na Itália e Espanha

http://www.quadrodemedalhas.com

O agravamento recente dos juros pagos por Espanha e Itália veio trazer à tona, novamente, a situação absurda que vive a Europa: uma Moeda Única, sem uma única governação económica e financeira e, sobretudo, sem Solidariedade entre os Estados-Membros. Sem eles, a Europa e o “seu” euro estão acabados.

Portugal tem sido muito prejudicado desde 1990, altura em que aderiu à União Monetária que, em 2000, se tornaria no nefasto Euro. Esta moeda cara, feita à medida dos interesses da Alemanha, destruiu boa parte do setor exportador nacional e se nos mantivermos nesta moeda, iremos ser cada vez um protetorado alemão e menos um país independente e soberano.

O agravamento da crise financeira na Espanha e na Itália – em que cada um destes países precisa mais de 400 mil milhões de euros cada – recorda que ter uma Moeda Única sem uma Governação Única é impossível. E cuidado com a “solução” que se começa a cozinhar nos bastidores: a imposição por meios não-democráticos de um “ministério das Finanças” europeu e do fim da capacidade soberana mais fundamental (além da Defesa): a de cobrar impostos.

O euro nao vai resistir à crise espanhola e italiana. A opção de saída unilateral do euro é assim prematura. Esperemos o seu colapso, preparemos e façamos o nosso “trabalho de casa”, saneando as nossas finanças, parando com este vício da dívida (que nos faz pedir emprestado 1.3. mil milhões por mês para pagar salários e pensões) e restauremos o nosso setor produtivo.

Portugal tem assim duas opções pós-Euro: ou adere a um novo “euro” dos países periféricos (que a UE pode querer criar) ou recupera a sua soberania monetária. A recuperar a sua soberania (opção que favoreço) tal deve acontecer recriando o Escudo em torno do padrão ouro, por forma a rentabilizar as nossas reservas (ainda as sétimas do mundo) e atribuir a esta nova moeda um valor fiduciário correspondente às nossas reservas em ouro. Portugal pode assim tornar a ser pioneiro, saindo do Euro e regressando ao padrão-ouro dar o exemplo ao resto do mundo.

Mas Portugal pode ir ainda mais longe. Pode aproveitar esse impulso regenerador e criar no mesmo momento um “Moeda  CPLP”, ligada umbilicalmente ao padrão-ouro, físico (como o Franco CFA) ou virtual (como era o “ECU” europeu), mas contendo e relacionando-se com as reservas em ouro de todos os países da CPLP.

Categories: Economia, Política Internacional | 9 comentários

Foi encontrado um Disco Voador no fundo Mar Báltico?

Uma equipa liderada pelo pesquisador sueco Peter Lindberg encontrou no leito oceânico aquilo que parece ser… um disco voador. A equipa de “caçadores de navios afundados” e que tem no currículo vários casos de recuperação de navios antigos e da sua carga, não se trata assim de um qualquer lunático.  Foi no decurso desta atividade, que o sonar da equipa descobriu um objeto circular que – dizem alguns – pode ser um disco voador.

O misterioso objeto estaria a cerca de 90 metros de profundidade e na região de fronteira marítima entre a Finlândia e a Suécia, no Golfo de Bothnia. O objeto terá cerca de vinte metros de diâmetro segundo o investigado “durante 18 anos de vida profissional nunca vi nada assim. A forma é completamente circular.” Lindberg encontrou também uma espécie de perturbação no leito oceânico que parece indicar que o objeto circular se moveu antes de parar no local onde agora se encontra.

A natureza exata deste objeto está por apurar, assim como a origem da “pista” que o acompanha no fundo do mar. Há a possibilidade de se tratar de uma formação geológica natural ou – opção mais apelativa – de se tratar de um objeto fabricado. Pelo Homem ou por alguém que tenha vindo do Espaço Exterior…

O objeto, contudo, não é tão “perfeitamente circular” como Lindberg declara e as linhas que levam até ele e que aparentam ser um rasto de queda, podem ter uma origem diferente.

Em suma, sabe-se que:
1. está a cerca de cem metros de profundidade
2. tem cerca de 20 metros diâmetro
3. tem uma forma (quase) circular
4. tem um rasto no leito oceânico
5. foi encontrado no mar entre a Finlândia e a Suécia

Ora o tamanho, a forma e o local fazem recordar os objetos avistados numa das primeiras “vagas OVNI” da História, a dor “foguetes fantasmas” avistados nesta região nos anos que se seguiram ao fim da Segunda Grande Guerra. Alguns, especulam que seriam o resultado de experiências soviéticas com aparelhos discóides alemães capturados (os V-8 e V-9 de alguns relatos) outros, que seriam engenhos de origem extraterrestre…

Uma investigação mais detalhada é portanto imperativa. Mas tal expedição poderia custar milhões de euros (especialmente se envolvesse uma recuperação) e não está ao alcance de qualquer um…

Fonte:
http://www.mnn.com/earth-matters/space/stories/was-there-a-ufo-discovered-on-the-ocean-floor

Categories: OVNIs | 4 comentários

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade