Adriano Moreira: Uma Prospectiva da CPLP

Adriano Moreira (http://www.enciclopedia.com.pt)

Adriano Moreira (www.enciclopedia.com.pt)

(…) “os países de língua portuguesa, e que prefiro chamar povos participantes na maneira portuguesa de estar no mundo”

> esta é a grande idiossincrasia da CPLP: mais que uma organização neocolonial como as suas “equivalentes” francofona ou anglofona, a CPLP funda-se mais na comunhão de culturas e línguas no que na predominância neoimperial de uma dada nacao sobre as demais. É a este respeito absolutamente única. Desde logo porque o país mais poderoso (do ponto de vista demográfico e económico) não é a antiga potencia colonial, mas uma das suas antigas colónias.

“a globalização económica e financeira, que conduziu ao desastre em que nos encontramos, apenas multiplicou o consumismo, e dependência inerente, cobrindo a realidade de uma cortina de uniformização de costumes, afrontando as especificidades dos deveres, sobretudo das culturas politicamente minoritárias, que viram destruir as suas maneiras de viver sobre a terra e sobre o mar, dos recursos da sua terra e do seu mar.”

> O grande problema de Portugal é, com efeito, o Consumismo, ou melhor, o hiperconsumismo. Induzidos por torrentes esmagadoras de marketing e por produtos baratos produzidos em fábricas deslocalizadas na China e por décadas de crédito barato, Portugal deixou-se enredar – perante a passividade dos seus governantes bipartidários – numa espiral descendente de que só poderá sair renegando o consumismo. Portugal (Estado) e os portugueses só têm efetivamente uma saída realmente eficaz: a abdicacao das imposicoes de pagar uma dívida externa que a Banca estrangeira e nacional nos impôs, que as multinacionais nos venderam e que os nossos pífios políticos nos deixaram assumir. E objetivar as nossas vidas para padrões de consumo muito inferiores e concentrar as nossas vidas em todo o tipo de consumos e produções culturais, preenchendo assim com Cultura este vazio que julgámos poder esconder com “coisas” importadas do exterior e pagas a crédito.

Adriano Moreira
Nova Águia 7

Categories: Lusofonia, Política Internacional, Política Nacional, Portugal | Etiquetas: | 1 Comentário

Navegação de artigos

One thought on “Adriano Moreira: Uma Prospectiva da CPLP

  1. Odin

    “…a CPLP funda-se mais na comunhão de culturas e línguas no que na predominância neoimperial de uma dada nacao sobre as demais.”

    Não é que não esteja passível de acontecer. Pode até acontecer. Mas se a CPLP vier a ser usada para satisfazer interesses econômicos e financeiros do país mais rico, ou dos países mais ricos da comunidade, estará fadada ao fracasso.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

<span>%d</span> bloggers like this: