Daily Archives: 2011/06/10

Quais foram os erros que levaram à situação de pré-bancarrota que Portugal atualmente atravessa?

Por um lado, é seguro que os últimos Governos gastaram nas duas últimas décadas muito acima daquilo que o país conseguia suportar, quer em salários, quer em investimentos e custos de operação e suportando tudo isto com dívida externa. Por outro lado, foi também cometido outro grande erro: a moeda única.

Com o Euro, são os portugueses que têm que agora cumprir um rol interminável e muito prolongado (de 3 a 10 anos) de pesados sacrifícios para que os banqueiros franceses e alemães não percam os seus investimentos especulativos dos últimos anos

De facto, estes banqueiros não deviam ser salvos. Emprestaram com risco e foram generosamente recompensados por isso com juros muito generosos.

Mas o maior problema não é este. O maior problema é o euro. Portugal ficaria muito melhor se abandonasse este “clube de ricos” onde num momento (dos vários) de desnorte guterrista se encafuou… assim Portugal tornaria a controlar a sua própria moeda. Obviamente, este movimento radical afastaria o país dos mercados financeiros durante alguns anos, mas este afastamento seria sempre menos duradouro do que as décadas que vamos levar a pagar não somente este empréstimo de emergência do FEEF/FMI mas sobretudo as dívidas que acumulamos sem parar desde a década de 80. Recordemos que um número cada vez maior da nova dívida que Portugal contrai é já para pagar juros de empréstimos antigos ou – pior – para financiar despesas correntes de funcionamento, como salários da função pública ou pensões de reforma.

Procurar evitar a bancarrota com novos empréstimos vai apenas salvar os bancos franceses e alemães que são credores da nossa dívida, a custo de mais e duradouros sacrifícios para todos os portugueses. Recusar o pagamento é uma opção. Sair do euro é a via, assim como a recuperação da nossa soberania económica e financeira que os eurocratas e os seus sabujos locais nos roubaram sem se terem dignado a submeter a “opção europeia” sequer a um só “referendo”.

Fonte:
http://www.jn.pt/Dossie/dossie.aspx?content_id=1868315dossier=123%20anos%20do%20Jornal%20de%20Not%EDcias

Anúncios
Categories: Economia, Portugal | 4 comentários

Quids S23: O que inventou este homem?

1. Todos os quids valem um ponto.

2. Os Quids são lançados pela manhã. Entre as 21:00 e as 24:00 (Hora de Lisboa)

3. As pistas só serão dadas à hora de almoço (12:30-14:30) ou mais cedo, se possível. Contudo, nesse período do dia seguinte podem ser dadas várias pistas, desde que pedidas por um (qualquer) dos participantes.

4. Só há quids entre 2ª e 6ª (incluindo feriados). Salvo imprevisto…

5. Os Quids terminam quando um concorrente chegar aos 20 pontos.

6. A qualquer momento, poderão sair “QuidsExtra” de texto ou de imagens, com as mesmas regras dos demais, mas sem limite de dia ou de hora. Estes quids valerão sempre 3 pontos e correrão até que um nickname novo, num IP novo, chegue aos 100% ou se tendo passado mais de 48 horas, ao participante que recolher melhor classificação.

7. É vivamente desencorajado o uso de vários nicknames para o mesmo concorrente, já que desvirtua o espírito do jogo. Lembrem-se que o IP tudo revela…

Categories: Quids S23 | 4 comentários

Mais detalhes sobre a componente aérea da “Operação Gerónimo”

Blackhawk Stealth (http://cdn2-b.examiner.com)

Blackhawk Stealth (http://cdn2-b.examiner.com)

Sabem-se agora mais alguns detalhes sobre a cobertura aérea da “Operação Gerónimo”, que levaria Osama bin Laden à morte.

Os radares paquistaneses detetaram pouco antes do desencadear da operação heli-transportada dos Navy Seals um grupo de cinco aparelhos F-18 e um AWACS voando muito perto do espaço aéreo paquistanês. Estes aviões estariam de prevenção para penetrarem no Paquistão caso algo sucedesse com os helicópteros Stealth que participaram na operação em Abbotabad, os quais, de facto, nunca foram detetados pelos radares paquistaneses.

Surgiram entretanto informações no jornal britânico “The Guardian” segundo as quais haveria desde 2001 um acordo secreto entre os EUA e o Paquistão em que se autorizava a intrusão de forças militares dos EUA no território paquistanês caso tal penetração tivesse como objetivo a eliminação física de Osama bin Laden.

Fonte:
Défense & Sécurité Internationale
junho 2011

Categories: DefenseNewsPt | 3 comentários

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade