Aumentam os custos dos dois novos porta-aviões da Royal Navy

Os dois novos porta-aviões da Royal Navy (http://www.marinesystech.co.uk)

Os dois novos porta-aviões da Royal Navy (http://www.marinesystech.co.uk)

As consequências financeiras de equipar os dois novos porta-aviões britânicos com catapultas e demais equipamento provaram ter consequências dramáticas para os custos totais de um dos programas de armamento mais caros da história do Reino Unido: Perto de dois mil milhões de libras serão precisas para modificar os navios de forma a que estas catapultas possam ser instaladas.

Com esta atualização, os dois novos porta-aviões britânicos deverão custar mais de sete mil milhões de libras, quase o dobro em relação à estimativa inicial de 2008 que falava em 3.9 mil milhões!

Esta notícia, juntamente com o constantes aumentos de custos com o avião que estes navios vão embarcar, o F-35C e  as grandes dificuldades orçamentais britânicas (país que acumula um astronómico défice externo do) não auguram nada de bom para os dois navios mais importantes para a manutenção da capacidade aeronaval da Royal Navy nos próximos anos….

Fonte:
Défense & Sécurité Internationale
Junho de 2011

Anúncios
Categories: DefenseNewsPt | Etiquetas: | 6 comentários

Navegação de artigos

6 thoughts on “Aumentam os custos dos dois novos porta-aviões da Royal Navy

  1. Pingback: PLANO BRASIL - defesa geopolitica soberania (defense geopolitcs strategy intelligence security) - Aumentam os custos dos dois novos porta-aviões da Royal Navy «

  2. Os ianglese poderiam oferecer um deles a MB , seria uma excelente aqsição, e os outros navios de guerra desativados…espero q compremos os mesmos logo…a n MB está carente e + uns caças Su 33 ,p ontem.

    • Os ingleses sabem que sem porta-avioes a sua Marinha perde capacidade de forma radical e desce um patamar.
      Logo: irao mante-los, custe o que custar. Porque dois ‘e o unico numero que garante um operacional durante todo o ano.

      • LuisM

        O ideal são três, como fazíamos com os submarinos classe Daphne. Um em patrulha, outro aportado, em prevenção e o terceiro em estaleiro.

        • Exatamente. Tens razao. Mas se o RU mal pode (se pode mesmo) pagar dois… A proposito os franceses e os russos ainda estao pior: so tem um a funcionar de cada vez, isto é: só têm porta-avioes durante 3 ou 4 meses por ano…

      • LuisM

        Sim, mas no caso dos russos, o objectivo nem é ter uma força operacional de porta-aviões mas sim conservar o know-how de como os operar de modo a pôr em prática caso as necessidades geostratégicas venham a ditar o uso dessa mesma força.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: