O KCR a nova classe de navios lança-mísseis da marinha indonésia

A Indonésia lançou o primeiro navio lança-mísseis de construção local KCR Clurit. O navio deverá operar dentro das águas territoriais indonésias protegendo estes ricos recursos desta grande nação muçulmana.

Embora a maioria dos navios da marinha indonésia sejam de origem britânica e holandesa (a antiga potencia colonial) desde 2003 que o governo local encetou uma ambiciosa política de independência neste campo arrancando com vários programas autónomos de construção, como este que agora levou o Clurit até ao estado operacional.

O Clurit tem como velocidade máxima 30 nós e transporta vários mísseis anti-navio chineses C-705 com cerca de 90 km de alcance máximo. O navio é também armado com 6 canhões de 30 mm e dois de 20 mm.

O estaleiro indonésio que construiu o Clurit está também a trabalhar num novo desenho de uma fragata ligeira anti-submarina em conjunto com um estaleiro holandês seguindo a mesma estratégia de independência naval. O navio resultante será construído na Indonésia depois de o primeiro ter sido construído na Europa.

Além deste lança-mísseis e desta fragata ligeira, a Indonésia vai também começar a trabalhar num desenho próprio de um submarino a partir de 2014 em parceria com uma empresa ainda a selecionar entre várias opções: França, Rússia, Alemanha e Coreia do Sul.

Fonte:
http://www.spacewar.com/reports/Indonesia_launches_fast_missile-carrier_999.html

Categories: DefenseNewsPt | Etiquetas: | 3 comentários

Navegação de artigos

3 thoughts on “O KCR a nova classe de navios lança-mísseis da marinha indonésia

  1. Eu tenho inveja das FAs da Indonésia .Eu ñ vejo nada concreto no reequipamento de n FAs acontecendo.O Fx2 está estagnado a meses…e n FAB precisando de um vetor novo , multifunção p ontem e nada;a MB esta carente de caças, navios de superficie , no moldes destes da Indonésia emt, mt submarinos no mínimo uns 12 SSKs convencional e uns 5 subsNucks e n EB de Sistema anti-áereo como o Thor ,o S400 o n Astro 2020 paralisado. Até qdo?

    • Mas de que serviriam todos esses meios se a doutrina do seu emprego permanecesse timida e incompleta? De que serve uma marinha oceanica se so pode funcionar em aguas costeiras, um porta-avioes que nunca abandona as aguas territoriais, um exercito que – enfim – esta sempre ausente (com a notavel excepcao do Haiti) de todos os cenarios internacionais de crise? O problema maior do Brasil nao ‘e de meios. ‘E de doutrina.

  2. Exatamente, de doutrina;de pessoas q comandam e pensam pequeno, ñ p atacar outros países, + p mostrar claramente:”Podemos e temos meios de nos defender”.Sds.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

<span>%d</span> bloggers like this: