“Cabo Verde deve voltar a fazer uma aposta na pesca, não só pelo papel central do sector na cultura e história do país, mas porque é uma área estratégica no combate ao desemprego e à pobreza”

“Cabo Verde deve voltar a fazer uma aposta na pesca, não só pelo papel central do sector na cultura e história do país, mas porque é uma área estratégica no combate ao desemprego e à pobreza. (…) A pesca tem hoje uma expressão marginal na economia cabo-verdiana, representando apenas 0.7% do PIB. Este valor compara com o peso da agricultura (9.6% do PIB) e, sobretudo, com os serviços, que valem 73.5% da economia. (…) Segundo estimativas da ES Research, a economia cabo-verdiana terá crescido 5.4% em 2010 e deverá expandir-se 5.9% este ano e 6.8% em 2012.”
Sol 11 de março de 2011

Cabo Verde é um exemplo para toda a África de língua portuguesa no que concerne a estabilidade democrática, boa governança e desenvolvimento económico e social. Para que siga no bom caminho, a aposta no Turismo tem que ser complementada com uma abordagem num setor produtivo, não terciário. A agricultura, dada a pobreza dos solos das ilhas do arquipélago nao será nunca um setor essencial, mas as pescas, têm todas as condições para o serem especialmente num mundo onde a produção de alimentos será cada vez mais indispensável, sobretudo se existirem excedentes para exportação.

Como em Portugal, o Mar deverá ser o setor mais estratégico para o desenvolvimento da economia caboverdiana a longo prazo. O Mar será assim um campo onde os dois países podem estabelecer parcerias e crescer em conjunto, aproveitando sinergias e, todo o trabalho já desenvolvido nesse campo por Portugal.

Categories: Lusofonia, Movimento Internacional Lusófono, Política Internacional, Portugal | Etiquetas: | 1 Comentário

Navegação de artigos

One thought on ““Cabo Verde deve voltar a fazer uma aposta na pesca, não só pelo papel central do sector na cultura e história do país, mas porque é uma área estratégica no combate ao desemprego e à pobreza”

  1. A pesca seria uma muito boa ideia para Cabo Verde, mas será ainda uma estratégia possível?

    ver – http://www.youtube.com/watch?v=3MxCzg5oupo

    Trailer for the documentary Sand Grains.
    The island nation of Cape Verde is running out of fish but so is the EU. To secure fishing treaties, the EU uses it’s arsenal of embargo, black list and corruption. This is the personal story of Jose Fortes, how the EU treaties affect his family and friends in the fishing village of Ribeira da Barca and how people have to destroy their environment to be able to survive.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: