Sobre a aposta Solar em Cabo Verde

Ilha da Praia, em Cabo Verde (http://www.ventosul.com)

Ilha da Praia, em Cabo Verde (http://www.ventosul.com)

“Em 2010 foram inauguradas no Sal e na Praia as duas maiores centrais fotovoltaicas do continente africano até à data. Em curso, a construção de 4 parques eólicos, em Santiago, São Vicente, Sal e Boavista. Tais projetos inserem-se no audaz objetivo avançado pelo Governo de aumentar a taxa de penetração das renováveis para cerca de 25% até 2012 e 50% até 2020.”
Sol 11 de março de 2011

África tem condições ímpares no mundo para o aproveitamento da energia solar. Em termos de fotovoltaica, as maiores dificuldades residem na segurança que é necessário garantir para impedir os furtos que assolam muitas destas instalações em África. Em termos de custos, o elevado investimento que exigem as instalações fotovoltaicas são um obstáculo de monta, especialmente em África, onde esses capitais escasseiam… É assim muito positivo vir a saber que Cabo Verde – exemplo continental de boa governação – está na vanguarda do aproveitamento da energia solar em África.

Categories: Lusofonia, Política Internacional | Etiquetas: | 2 comentários

Navegação de artigos

2 thoughts on “Sobre a aposta Solar em Cabo Verde

  1. Noticias assim me fazem ter alguma esperança no futuro da Africa, bom saber que existe alguem para informa-las, bom post Clavis.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

<span>%d</span> bloggers like this: