Em 2020, a China terá cinco porta-aviões no Oceano Pacífico

Projecto 1143.7 Ulyanovsk

Projecto 1143.7 Ulyanovsk (http://www.globalsecurity.org)

A China está a desenhar a frota mais poderosa do Pacífico. Existem planos para construir a curto prazo dois porta-aviões de propulsão convencional que derivam diretamente do antigo porta-aviões russo Varyag de 50 mil toneladas. Estes navios deverão estar já em construção e entrarão em serviço nos próximos anos.

Além destes dois porta-aviões de média dimensão, a China vai – a partir de 2020 – iniciar a construção de dois porta-aviões nucleares de mais de 60 mil toneladas. Estes navios estão a ser desenvolvidos a partir de projetos russos, da época da URSS, de um porta-aviões nuclear (o “Projecto 1143.7 Ulyanovsk”). Com estes dois navios, a China no final da década de 20 deste século irá alinhar com cinco porta-aviões no Pacífico, se contarmos com o Varyag, que deverá entrar ao serviço nos próximos meses.

Os porta-aviões chineses estarão fortemente armados com um sistema de lança-mísseis de grande alcance YJ-63, lançadores de mísseis terra-ar FL-3000N, para além de canhões convencionais de vários calibres.

Os aviões que esta frota chinesa de porta-aviões irá embarcar serão a versão chinesa do Sukhoi Su-33 e isto apesar de a Rússia já ter declarado que não autorizava a China a construir estes aparelhos porque os considerava como variantes diretas do Su-27SK, não licenciada pela Sukhoi. Há indicações de que a marinha chinesa não estaria satisfeita com esta versão chinesa do aparelho russo e que estaria a pressionar o seu governo para que comprasse aparelhos russos, o que ainda não aconteceu apenas porque a Rússia insiste em vender pelo menos 40 aparelhos e a China pretende comprar menos. Este impasse irá provavelmente ser resolvido pela resolução dos problemas da versão chinesa do aparelho.

Esta frota de porta-aviões será defendida por duas novas classes de contra-torpedeiros cuja construção arrancou em meados de 2009 e que serão complementados por 18 fragatas de defesa aérea Tipo-065A. Em 2020, a China deverá ter também no oceano Pacífico três submarinos nucleares de ataque Tipo-093 e pelo menos um de uma nova classe, a Tipo-095.

Com esta frota de porta-aviões e escoltadores a China estará à altura de enfrentar a sétima esquadra norte-americana e estará efetivamente à altura de a enfrentar e vencer num eventual confronto naval no mar da Formosa. Com esta frota oceânica, a China irá tornar-se uma plena potencia militar, capaz de projetar o seu poder influência a uma escala realmente global e o tradicional poder aeronaval norte-americano terá um adversário que a frota soviética no seu apogeu nos anos 80 nunca representou.

Fonte:
http://www.aviationweek.com/aw/generic/story_channel.jsp?channel=defense&id=news/dti/2011/01/01/DT_01_01_2011_p71-272520.xml

Anúncios
Categories: China, DefenseNewsPt, Política Internacional | 8 comentários

Navegação de artigos

8 thoughts on “Em 2020, a China terá cinco porta-aviões no Oceano Pacífico

  1. Odin

    A China realmente está motivada a substituir a ex-URSS como superpotência rival dos EUA. Só que os americanos ainda têm superioridade tecnológica para fins militares.

    pt.wikipedia.org/wiki/High_Frequency_Active_Auroral_Research_Program
    http://www.tecmundo.com.br/8018-haarp-o-projeto-militar-dos-eua-que-pode-ser-uma-arma-geofisica.htm

    Não sei se o HAARP é um arma real ou se é mais uma lenda urbana(no que concerne para fins militares), mas enquanto os chineses ainda se preocupam com armas convencionais, os americanos já podem ter armas climáticas e geofísicas.

  2. LuisM

    Mesmo para o exponencial crescimento militar chinês, 5 porta-aviões e respectivos grupos de escolta e combate até 2020 é muito ambicioso.

    E não basta ter aviação embarcada em porta-aviões. Demora anos até ter mestria no know-how necessário para obter a devida eficiência, caso contrário é como a marinha russa onde este tipo de unidades servem para mostrar a bandeira e encher olho pela imponência e pouco mais.

    E claro, tinha de ser mais uma cópia.

    • Muito mesmo! A questao ‘e que avioes estarao aqui embarcados…

      • LuisM

        Provavelmente os J-15 depois de resolverem os problemas técnicos. Ou então terão que renegociar com os russos a aquisição de SU-33.

        Muito improvável conseguirem navalizar o J-20 ou mesmo o J-10B.

  3. Òtimo,nos últiomos anos(15 ) os iankees,eu escrevo sempre “ianks”,estão tão ou pior q os nazistas,. vide a invasão criminosa do Irak, as torturas…até o momento, a China está retomando o q foi dela…nada de invasão de conquistas…Vamos esperar os acontecimentos. sds.

  4. Qto ao n BRASIL…n FAs estão sucateadas, n FAB está com um vazio de um caça de 1 linha ,como os Su 35BM ou até msm os CAÇAS DOS FRANCOS os rafale f3…Ò dilma ,qdo vamos ter caças novos e a ALTURA da n FAN e MB?!?!

  5. e é melhor nem falar no programa espacial brasileiro…
    com Dilma (e o receio pela ionflação) receio bem que haja um travar a fundo em muitos desses programas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: