Segundo fontes do ministério brasileiro de Defesa, a maioria do inventário militar brasileiro estaria fora de serviço

Porta-aviões "São Paulo" (http://www.defesabr.com)

Porta-aviões "São Paulo" (http://www.defesabr.com)

Segundo fontes do ministério brasileiro de Defesa, a maioria do inventário militar brasileiro estaria fora de serviço. A notícia surgiu no jornal “Folha de São Paulo” e expõe uma triste situação para um país que aspira a ser uma potencia mundial que os cortes no orçamento de Defesa recentemente anunciados pela presidenta Dilma Rousseff irão agravar ainda mais.

O ambicioso programa de rearmamento lançado pelo anterior presidente Lula da Silva está agora comprometido pela decisão de conter a despesa pública e os receios inflacionistas que esta pode potenciar.

Segundo Folha mais de metade do inventário militar brasileiro está inutilizável. Por exemplo, dos 1953 blindados do Exército, apenas 1079 estão operacionais. A situação na Marinha é idêntica sendo que dos teóricos 98 navios de guerra apenas 48 estão de facto capazes de cumprir serviço ativo. A força aérea está num estado ainda mais deplorável, sendo que dos 208 caça-bombardeiros teoricamente disponíveis, apenas 85 estão de facto em estado de voar. Apenas 100 dos 298 aviões de transporte e somente 27 de 73 helicópteros estão realmente disponíveis.

O Brasil tem pendentes dos tempos da Presidência Lula o plano de reequipamento da Marinha com 5 submarinos convencionais de ataque – desenvolvidos em parceria com a França – assim como um submarino nuclear de ataque. A Força Aérea receberia uma importante adição com a aquisição de 36 novos aviões de combate no âmbito do programa F-X2. Estes programas permitiriam uma reconstrução apenas parcial da capacidade militar teórica da capacidade de Defesa brasileira e nenhum garantiria ao Brasil a capacidade de projeção de poder militar que o estatuto de potencia mundial exige. Mas agora até estes programas estão em risco e, com eles, as aspirações brasileiras a que esta grande nação lusófona assuma o seu lugar ao lado das grandes potencias mundiais.

Fonte:
http://www.spacewar.com/reports/Report_Brazils_military_wares_obsolete_999.html

Categories: Brasil, DefenseNewsPt, Defesa Nacional | 3 comentários

Navegação de artigos

3 thoughts on “Segundo fontes do ministério brasileiro de Defesa, a maioria do inventário militar brasileiro estaria fora de serviço

  1. Renato Rodrigues da Silva

    Sempre a mesma coisa…até o dia que tomarmos um susto…

    • Por ai como por aqui: um pais desarmado so acorda quando os abutres lhe comecam a comer a carne. No caso do Brasil a carne sera o pre-sal no de Portugal a gigantesca zona exclusiva.

  2. Odin

    Eles vão esperar tudo estar inutilizável para comprar os Rafales ou os Gripen NG ou os F-18?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: