“A Global Witness acusou o filho do ditador da Guiné Equatorial de ter encomendado um iate no valor de 274 milhões de euros – o segundo mais caro do mundo”

Teodoro Obiang (http://schema-root.org)

Teodoro Obiang (http://schema-root.org)

“A Global Witness acusou o filho do ditador da Guiné Equatorial de ter encomendado um iate no valor de 274 milhões de euros – o segundo mais caro do mundo. Os ativistas recolheram provas junto do fabricante alemão do iate e lembram que o valor da compra de Teodoro Obiang, representa o triplo do orçamento da Saúde e da Educação da Guiné Equatorial”.
Sol 4 de março de 2011

Palhaços. Palhaço é o país que deixa que este ruinoso negócio se concretize com uma empresa sua, enquanto se morre de fome na Guiné Equatorial (Alemanha) e Palhaça é a dita “Comunidade Internacional” que reconhece a suposta legitimidade deste ditador em continuar a explorar e a reprimir o seu povo década após década. O petróleo abre muitas portas que a Ética e a Decência deviam fechar, Kadafi que o diga. Esperemos que não abra também as da CPLP, instituição a que Obiang pretende entrar.

Categories: Política Internacional | 7 comentários

Navegação de artigos

7 thoughts on ““A Global Witness acusou o filho do ditador da Guiné Equatorial de ter encomendado um iate no valor de 274 milhões de euros – o segundo mais caro do mundo”

  1. Eles , essa família, tem de ser executada sumariamente , ponto final. Está mt bonito o “projeto” do blog, parabéns ,Amtigo Clavis….Sds.

  2. Obrigado, carlos
    Há que renovar a coisa de quando em vez…

  3. pedronunesnomundo

    a ‘lógica de governação africana’ existe? e como se poderá caracterizar?

    • Otus scops

      PNM
      existe:
      – é tribal
      – paternalista e assistêncialista

  4. tribal… esse aspecto não tem hoje grande importância. Todos se identificam com uma dada etnia, mas tribo? Não… e o aspecto étnico não é predominante, não pelo menos na Guiné.

  5. Otus scops

    CP

    “etnia, mas tribo?”
    é a mesma coisa…

    “o aspecto étnico não é predominante”
    não entendi.

  6. eu explico o que quis dizer: o tribalismo, a potencia para fragmentar o país segundo zonas étnicas não é um risco sensível na Guiné, ou pelo menos, ninguém o percepciona localmente como tal. As pessoas sentem-se fulas, balantas, mandingas, etc e têm orgulho nessa pertença, mas essa filiação está longe do debate comum e não surge numa discussão sobre os problemas do país.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

%d bloggers like this: