Daily Archives: 2011/03/29

Pedro Cipriano: “A República até agora foi apenas uma experiência que correu mal”

“A República até agora foi apenas uma experiência que correu mal. Continua a haver classes, o Portugal sonhado não existe e o poder ainda não é do povo.”
Pedro Cipriano
Revista Nova Águia
Número 6

Mas deve ser… A República nada é enquanto não for de todos e não apenas dos “donos da democracia” que desde a Primeira República dela se apossaram, captando para si o essencial da riqueza (e tornando no processo, Portugal num dos países mais desiguais da Europa) e excluindo do poder democrático a esmagadora maioria dos cidadãos e levando esta sociedade a uma sociedade de escravos deprimidos e condicionados a sentirem a escravidão e o abstencionismo crónico como estados naturais.

Categories: Nova Águia, Política Nacional, Portugal | 4 comentários

Quids S22: Como se chama esta mulher?

1. Todos os quids valem um ponto.

2. Os Quids são lançados pela manhã. Entre as 21:00 e as 24:00 (Hora de Lisboa)

3. As pistas só serão dadas à hora de almoço (12:30-14:30) ou mais cedo, se possível. Contudo, nesse período do dia seguinte podem ser dadas várias pistas, desde que pedidas por um (qualquer) dos participantes.

4. Só há quids entre 2ª e 6ª (incluindo feriados). Salvo imprevisto…

5. Os Quids terminam quando um concorrente chegar aos 20 pontos.

6. A qualquer momento, poderão sair “QuidsExtra” de texto ou de imagens, com as mesmas regras dos demais, mas sem limite de dia ou de hora. Estes quids valerão sempre 3 pontos e correrão até que um nickname novo, num IP novo, chegue aos 100% ou se tendo passado mais de 48 horas, ao participante que recolher melhor classificação.

7. É vivamente desencorajado o uso de vários nicknames para o mesmo concorrente, já que desvirtua o espírito do jogo. Lembrem-se que o IP tudo revela…

Categories: Quids S22 | 17 comentários

Sam Cyrous: Crítica à Partidocracia

“(…) humanidade globalmente insatisfeita com os conflitos entre os partidos, farta de consumir notícias de uma corrupção global e endémica, manifestando desalento na classe política ao mesmo tempo que contribui para elevados níveis de abstenção, e que anseia por aquilo que é diferente e fora dos lobbies estabelecidos.”
Sam Cyrous
Revista Nova Águia
Número 6

Os políticos profissionais gostam de acusar os cidadãos pelo seu desinteresse pela Res Publica, quando aludem aos elevados níveis de abstenção. Mas a razão suprema deste desinteresse dos cidadãos pela gestão da “coisa pública” não reside nos próprios cidadãos… assenta no profundo divórcio atualmente existente entre eleitos e eleitores.

Este abismo entre políticos profissionais e cidadãos eleitores tem-se agravado nas últimas décadas, com a solidificação de castas familiares muito exclusivas de onde provêm a maioria dos políticos e com camadas crescentes da população que não têm forma de intervir na política ativa… o Sistema fecha-se e torna-se impermeável, bloqueando o acesso a todos os que nele não vivem já, e o espaço de cidadania recua a olhos vivos, cobrando depois este preço do abstencionismo crónico nas sociedades modernas. Há que sanar este divórcio entre eleitos e eleitores… renovando a democracia e – no processo – suprimindo com esses “intermediários” que são os partidos políticos.

Categories: Movimento Internacional Lusófono, Nova Águia, Política Nacional, Portugal | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy