Um motor alternativo para o F-35?

Comparada com a dívida pública dos EUA a dívida de todos os países do sul da Europa é uma autêntica brincadeira… Por isso, o mais dispendioso programa de armamento atualmente em curso nos EUA tem estado sobre um intenso criticismo: o F-35 Joint Strike Fighter.

Teoricamente, o programa seria de facto merecedor de um investimento e de uma despesa extraordinários, já que ambiciona a – nada menos nada mais – a substituir todos os aparelhos da época da Guerra Fria ainda hoje atualmente em uso nos EUA. O aparelho prometia também ser a fonte de divisas que os F-15, F-16 e F-18 representaram (e representam ainda) para os EUA. Estima-se que mais de 100 mil milhões de dólares poderiam ser somados às exportações dos EUA nos próximos anos, com as exportações do F-35.

Mas estas exportações e a própria entrada em produção do aparelho podem estar ameaçadas. Um grupo de Representantes do Congresso está a tentar que a General Electric construa um motor alternativo para o aparelho que possa competir com a atual opção do aparelho, desenvolvida pela Pratt & Whitney. O problema é que a GE perdeu no passado o concurso pelo motor do F-35, mas agora está a pressionar os Representantes dos Estados onde tem fábricas para que seja desenvolvido um segundo motor que possa competir de novo com o Pratt & Whitney. Desenvolver um novo motor, adaptá-lo ao F-35 e fabricar uma segunda variante do aparelho iria fazer disparar os custos de um avião que já não tem um registo de custos muito positivo.

Fonte:
http://www.defpro.com/news/details/22050/

Anúncios
Categories: DefenseNewsPt | Etiquetas: , | 3 comentários

Navegação de artigos

3 thoughts on “Um motor alternativo para o F-35?

  1. LuisM

    Parece-me incrível algumas nações europeias numa Europa com 3 programas, qual um melhor que o outro, embarcar neste fiasco só para agradar o lobby.

    A Europa nunca mais acorda do embuste atlantista.

  2. Otus scops

    LM

    bem pensado e melhor escrito.
    fiquei admirado pela Noruega ter optado por este aparelho em detrimento do Gripen. veio a saber-se agora que houve corrupção (como em quase todos os negócios das armas).

    quanto à OTAN já fez sentido, deixou de fazer mas agora recomeça a fazer novamente, apesar de ainda não ter percebido o rumo.

    mas tens razão, os europeus deviam de se autonomizar.
    mas a Alemanha está a libertar-se dos constrangimentos que “ganhou” na II Guerra Mundial…
    o grande problema é aquela minoria reaccionária que domina, o complexo militar industrial norte-americano e o Pentágono que estão a usar a OTAN para as suas guerras “particulares”.

  3. Hermes Trimegistus

    “A Europa nunca mais acorda do embuste atlantista…”
    “quanto à OTAN já fez sentido, deixou de fazer mas agora recomeça a fazer novamente, apesar de ainda não ter percebido o rumo…mas tens razão, os europeus deviam de se autonomizar.”

    Eu também acho que a Europa devia começar a se afastar dos EUA, mas sem inimizar-se com eles, é claro. Especialmente Portugal, devia rever o seu apoio aos EUA (apesar de ter uma política externa comum com a UE). Apesar de não ter nada a ver com o assunto, acidentalmente encontrei um vídeo do youtube, no qual um seriado norte-americano simplesmente humilha Portugal, o povo português e principalmente a mulher portuguesa. É o seriado “The adventures of old Christine”. Eu sei que pela internet muitos brasileiros indevidamente esculacham Portugal e muitos portugueses indevidamente também esculacham o Brasil, mas a responsabilidade é individual. Mas lamento a falta de respeito de um canal americano a um aliado europeu da OTAN, que os apoiou na Guerra do Golfo em 1991, na invasão ao Afeganistão, ao Iraque, agora os apóia caso intervenham na Líbia, tem estima de longa data pelos EUA. É claro que o governo dos Estados Unidos não pode ser responsabilizado por isso, nem a totalidade do povo americano. Se não estou enganado, o proprietário do seriado é a CBS. Mas foi um desrespeito gratuito por parte dos produtores do seriado. E o governo português devia reclamar contra esse tipo de atitude contra os portugueses.
    Cria um estereótipo negativo do emigrante português.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: