O fenómeno da imigração em Moçambique

“O fenómeno (da imigração para Moçambique) tem aumentado desde que a Ethiopian Airlines começou a voar para Moçambique há cerca de um mês. (…)
A verdade é que a emergente economia de Moçambique, a sua estabilidade política e a fraca fiscalização dos pontos de entrada no país são um chamativo para muitos. (…) no Centro de Refugiados de Maratane, em Nampula, entram diariamente 500 pessoas, na sua maioria somalis e etíopes.”

Sol, 21 de janeiro de 2010

Ainda não foi há muito tempo que os emigrantes moçambicanos na África do Sul eram alvo de xenofobia por parte dos seus vizinhos étnicos e linguísticos. Agora, devido à estabilidade económica e política que atravessa (não sem escolhos) este país lusófono do Índico, eis que Moçambique se torna também ele num destino privilegiado de refugiados que abandonam os “estados falhados” do Continente em busca de melhores condições de vida e da mais básica… sobrevivência. País de emigrantes (como Portugal), Moçambique não tem o direito moral de expulsar essas gentes. Tem o dever de as acolher, de as procurar integrar e de lhes dar condições para regressarem aos seus países de origem logo que ali se criem as condições para que possam regressar em paz e segurança.

Saber que Moçambique é hoje um país de acolhimento para refugiados de países tão distantes como a Eritreia ou a Somália é uma boa notícia. Reflete os sucessos no desenvolvimento deste nosso irmão lusófono e é motivo de orgulho para toda a Lusofonia.

Categories: Lusofonia, Política Internacional | Etiquetas: | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

<span>%d</span> bloggers like this: