Daily Archives: 2011/01/18

Quids S22: Em que arquipélago foi tirada esta fotografia?

1. Todos os quids valem um ponto.

2. Os Quids são lançados pela manhã. Entre as 21:00 e as 24:00 (Hora de Lisboa)

3. As pistas só serão dadas à hora de almoço (12:30-14:30) ou mais cedo, se possível. Contudo, nesse período do dia seguinte podem ser dadas várias pistas, desde que pedidas por um (qualquer) dos participantes.

4. Só há quids entre 2ª e 6ª (incluindo feriados). Salvo imprevisto…

5. Os Quids terminam quando um concorrente chegar aos 20 pontos.

6. A qualquer momento, poderão sair “QuidsExtra” de texto ou de imagens, com as mesmas regras dos demais, mas sem limite de dia ou de hora. Estes quids valerão sempre 3 pontos e correrão até que um nickname novo, num IP novo, chegue aos 100% ou se tendo passado mais de 48 horas, ao participante que recolher melhor classificação.

7. É vivamente desencorajado o uso de vários nicknames para o mesmo concorrente, já que desvirtua o espírito do jogo. Lembrem-se que o IP tudo revela…

Anúncios
Categories: Quids S22 | 16 comentários

Ka-52 para a Rússia. Finalmente.

Kamov Ka-52 (http://t3.gstatic.com)

Kamov Ka-52 (http://t3.gstatic.com)

Após muitas hesitações, o Governo russo deverá realizar uma encomenda de helicópteros Ka-52 Alligator à Kamov durante o corrente ano de 2011.

O Ka-52 é uma evolução a partir do conhecido Ka-50 Hokum com um canhão de 30 mm, mísseis guiados por laser, foguetes, bombas e dois radares, um terrestre e o outro aéreo. O desenvolvimento deste aparelho começou em 1994, mas a produção em série apenas arrancou em 2008.

Fonte:
http://www.defpro.com/news/details/20881/

Categories: DefenseNewsPt | Etiquetas: | 11 comentários

“O Estado deu ao sistema financeiro apoios de 9400 milhões de euros, cerca de 5.7% do PIB – metade do esforço do resto da zona euro”

Partidocracia (http://t0.gstatic.com)

Partidocracia (http://t0.gstatic.com)

“O Estado deu ao sistema financeiro apoios de 9400 milhões de euros, cerca de 5.7% do PIB – metade do esforço do resto da zona euro. Ao nível da Iniciativa para o Investimento e Emprego, outra ferramenta de ajuda à economia (…) o TC nota que das 8 medidas apresentadas, 4 já existiam e as outras 4 só tiveram um grau de execução de 16%.
No conjunto, o esforço do Governo para combater a crise só explicou 22% do agravamento do défice orçamental de 2009”

Sol 23 de dezembro de 2010

Ora bem. Lá vai ao ar o argumento que o PS usa até à exaustão para explicar o descontrolo orçamental de 2010. Em primeiro lugar, e porque a banca portuguesa estava em muito melhores condições que a maior parte da Banca europeia (tirando os desmandos do “banco de Cavaco” e do minúsculo “BPP”) o Governo gastou em apoios ao sistema financeiro apenas metade da média europeia e, em segundo lugar, as medidas de estímulo ou já antigas ou nem sequer chegaram a ser executadas, logo, não podem estar na origem do descontrolo orçamental de 2010… Aliás, o Tribunal Constitucional estima mesmo que as medidas de resposta à crise não tenham ultrapassado os 22% do agravamento do défice!

Existe um claro desnorte despesista na máquina do Estado: mordomias injustificadas por parte de Boys e Boyas amplamente distribuídas em todos os escalões do Estado. Contratos nebulosos com Sociedades de Advogados e Consultores. Erros estratégicos com consequências dramáticas para a Despesa total do Estado e onde os responsáveis políticos ficam sempre impunes. Tudo isto reforçado pela incompetência crassa de um ministro das Finanças que só conseguiu vencer o “monstro do défice” à conta de sucessivos agravamentos da carga fiscal, não pela via da racionalidade da despesa.

Brevemente, o atual ciclo político ir-se-á esgotar. Ao Socretismo suceder-se-á qualquer outra coisa. Na lógica do malsano Rotativismo do Bi-Partido, essa coisa deverá ser o neoliberalismo radical de Passos Coelho, com a eterna variante laranja que consiste em engordar ainda mais o Estado com uma nova camada de “laranjinhas”. A máquina do Sistema prossegue nas suas rotações lentas e cada vez mais trituradoras da sociedade portuguesa. Enquanto nós quisermos. Eu não quero ser triturado, e por isso mesmo participo civicamente na campanha do independente Fernando Nobre. E por isso mesmo subscrevi ESTA petição que defenda a possibilidade de serem eleitos deputados independentes para a Assembleia da República. Deputados realmente independentes de tutelas partidárias e clientelares que representem os seus eleitores acima de quaisqueres servilismos castrantes e partidários.

Categories: Economia, Política Nacional, Portugal | 1 Comentário

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade