Do monopólio da Servilusa sobre o “mercado da morte” em Portugal

“As associações do ramo funerária do ramo funerário receiam que a alteração da legislação que regula o sector venham a contribuir para o fecho de muitas empresas. E são unânimes: a gestão dos cemitérios não devia poder estar nas mãos do sector privado, para não haver concorrência desleal, em particular entre a funerária que administre um cemitério e as que façam apenas funerais” (…) “Uma sociedade que vá para lá é para ter lucro e o que acontecerá é que aumentarão as taxas (…) a Servilusa (…) gere o cemitério de Elvas e está atenta às oportunidades”

Jornal Sol
10 de dezembro de 2010

O que se passa no setor funerário é de extrema gravidade. Pela forma silenciosa como uma multinacional comprou paulatinamente praticamente todas as empresas concorrentes (perante a estranha cumplicidade das entidades de Concorrência) e pela forma como fez subir os preços dos serviços funerárias depois de ter destruído a concorrência. Esta situação de monopólio efetivo choca porque o Estado e as entidades da Concorrência (Públicas) terem deixado que tal sucedesse e pelo flagrante e tremendo aumento de custos que tal monopolização criou nos custos dos serviços funerários. É uma situação típica de uma “república das Bananas” que nos causa a maior repulsa e revolta perante a inacção do Estado quanto à mesma.

Categories: Sociedade Portuguesa | 5 comentários

Navegação de artigos

5 thoughts on “Do monopólio da Servilusa sobre o “mercado da morte” em Portugal

  1. Otus scops

    isto é um autêntico regabofe: a privatização da morte!
    seria o género de situação que me daria gosto, já no outro mundo, de lhes passar um cheque sem cobertura!

    “perante a estranha cumplicidade das entidades de Concorrência”
    bem visto.

    agora e estas novidades do sector:

    Crematorium considers dissolving bodies
    A council-run crematorium is planning to carry out ”science-fiction” funerals including freeze-drying and even dissolving dead bodies.
    http://www.telegraph.co.uk/news/newstopics/howaboutthat/8237604/Crematorium-considers-dissolving-bodies.html

    congelam, partem, secam, dissolvem, dá para adubo, etc…

  2. PauloJoel

    Cuidado com a Servilusa, apresentam contas de 8000 a 10.000euros com a maior das facilidades, e o pessoal depois não pia que o funeral já tá feito. Uns chulos, não me apanham lá mais nem a meus familiares. CUIDADO!

    • Tem toda a razao e ha varios relatos semelhantes ao seu seu. Que estas historias sirvam a todos de licao.
      Cuidado com os monopolios e… Que andam a fazer os tipos da Concorrencia?…

  3. Filipe Nunes

    Recentemente faleceram dois familiares meus… Em ambos os casos, os filhos contactaram a Servilusa. No caso do meu tio-avô foi pedido um funeral simples, foram escolhidos artigos e serviços de baixo custo. O Funeral neste caso não ultrapassou os €1500.
    No funeral da minha avó, acompanhei os meus pais e escolhemos já outro tipo de serviços, sempre com um valor limite (€3500). Quando nos apróximavamos deste valor, os funcionários alertaram-nos desse facto e ajudaram até a dividir o orçamento do melhor modo, como já tinha acontecido com o outro funeral.
    Considero o serviço da Servilusa um serviço de excelência e recomendo!

    • Fica registada a sua satisfacao.
      E a minha profunda, intensa e revoltada insatisfacao pelo facto de existir hoje um Monopolio efetivo no mercado (onde está a autoridade da concorrencia?!) que distorce os precos, a favor da Servilusa e prejudica pessoas que de qualquer forma ja estao psiquicamente muito fragilizadas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: