A Holanda hesita na opção F-35…

O ministro da Defesa holandês exprimiu recentemente a sua desilusão pelo aumento de preço dos aparelhos F-35 que o seu país se comprometeu a adquirir. Falando com o embaixador dos EUA, o responsável holandês terá mesmo admitido que tinha “grandes dificuldades com esse aumento”.

Com efeito, a aquisição holandesa deverá custar mais 1.4 mil milhões de euros que o inicialmente estimado. Isto é: mais 20% num total de 6.2 mim milhões por 85 F-35s.

Este aumento de 20% pode levar ao abandono holandês do programa e levou a Holanda a procurar formar um “grupo de pressão” europeu contra este aumento e que deverá contar com os outros operadores (esperados) do avião: Reino Unido e Noruega.

A decisão final holandesa sobre a compra ou não deste avião para substituir os F-16s será tomada em 2011 e os grandes cortes de despesa na Defesa serão aqui um elemento decisivo, o que não coloca a opção pelo F-35 em bons lençóis, podendo levar ou a redução dramática do total de aparelhos ou até a uma opção por um aparelho mais económico, como o Saab Gripen NG ou o Super Hornet da Boeing.

Fonte:

http://www.defpro.com/news/details/20451/

Categories: DefenseNewsPt | Etiquetas: , , | 7 comentários

Navegação de artigos

7 thoughts on “A Holanda hesita na opção F-35…

  1. Otus scops

    sob o ponto de vista da máquina (o F-35) tenho pena, mas sob o ponto de vista político acho muito bem que a Holanda se retire, mas que pague o erro.
    na minha opinião os holandeses deviam, tal como a Noruega, adquirir o Gripen NG.

    estou para ver se o Embraer KC-390 não vai pelo mesmo caminho, portugueses e brasileiros juntos…

  2. os holandeses faziam até parte do processo de desenvolvimento, ao que sei…
    e os suecos já andaram a tentar vender o Gripen…:
    “On 7 July 2008 Dagens Industri reported that the Netherlands announced they will evaluate Gripen NG together with four other competitors and announce the result in the end of 2008.[64] Saab responded on 25 August 2008 to a ‘Replacement Questionnaire’ issued by the Dutch Ministry of Defence, offering 85 aircraft to the Royal Netherlands Air Force.[65] The Netherlands evaluated the Gripen NG against the F-35.[66] On 18 December 2008 media reported that the Netherlands evaluated the F-35 ahead of the Gripen NG, citing better performance and lower price.[67][68][69] On 13 January 2009, NRC Handelsblad claimed that, according to Swedish sources, Saab has made an offer to the Dutch to deliver 85 Gripens for 4.8 billion euro, about 1 billion euro cheaper than budgeted for the F-35.[70] This price includes training of pilots and maintenance for the next 30 years.[71]

  3. LuisM

    Parece-me incrível a Europa ter excelentes aviões como o Gripen e o Typhoon ( já nem falo no Rafale) e optarem por aviões de papel, tudo em nome do “bendito” atlantismo.

    • Otus scops

      “…a Europa ter excelentes aviões como o Gripen e o Typhoon ( já nem falo no Rafale)…”

      será o meu amigo LuisM??? 😀

  4. política!
    a indústria de defesa dos EUA vive muito das suas alianças militares…

    • Otus scops

      CP

      acho que não há nenhuma que não viva “muito das suas alianças militares…”

      é assim, aliás uma das funções das alianças militares é a venda de material.

      • veja-se a França a usar toda a sua força no Brasil para vender o Rafale…
        Mas esse jogo é jogado pelos EUA com grande força desde sempre sendo excelsos nesse domínio…

Deixe uma Resposta para LuisM Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: